A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

A história da Auto Union parte 2: a inovadora (e esquecida) Wanderer

Há alguns dias, começamos a contar aqui no FlatOut a história da Auto Union. E, para nós, a melhor forma de fazer isto é contando as histórias das quatro empresas que se uniram para formá-la: Horch, Wander, DKW e, claro Audi. No primeiro post da série, dissecamos a trajetória da Horch, a mais antiga das quatro. Hoje, vamos falar sobre aquela que, ao lado da Horch, certamente é a menos conhecida. A Wanderer foi fundada em fevereiro de 1885, em Chemnitz, na Saxônia, com o complicado nome "Chemnitzer-Velociped-Depot Winklhofer & Jaenicke" – eram os sobrenomes de seus fundadores, Johann Baptist Winklhofer e Richard Adolf Jaenicke. O objetivo: fabricar bicicletas. As bicicletas haviam acabado de ganhar a forma que tem hoje, com duas rodas de igual diâmetro e transmissão por correia – até o fim do século 19 a maioria das bicicletas era do tipo penny-farthing, com uma roda enorme na dianteira e outra bem pequena na traseira. Não demorou para que as bicicletas da Winklhofer &

Matérias relacionadas

Type 508: este Fusca foi o primeiro Volkswagen com motor a diesel da história

Dalmo Hernandes

BMW 635CSi: a história do primeiro campeão do DTM – que não venceu nenhuma corrida

Dalmo Hernandes

Karmann Ghia: quando a Volkswagen transformou o Fusca em um esportivo

Dalmo Hernandes