A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

A história esquecida dos hot hatches da Toyota

A percepção da Toyota entre os entusiastas mudou nos últimos anos. Claro, todos conhecem carros como o Celica e o Supra, que fizeram história nas pistas e nas ruas. Muitos se recordam com carinho do incrível GT-One, que é admirado por toda uma geração por causa de Gran Turismo. E uma porção de gente sonha com o GT86, sucessor espiritual do AE86 e um dos últimos esportivos à moda antiga que sobraram com seu motor boxer Subaru, tração traseira e câmbio manual de série (automático é opcional, claro, mas não vemos muito sentido se a ideia é resgatar uma experiência mais analógica) ao volante. Isso tudo é ótimo – e muito justo, já que hoje em dia é a Toyota quem faz um dos hot hatches mais fodásticos do mundo: o GR Yaris, monstrinho com tração integral, carroceria extremamente alargada e um motor três-cilindros turbo de 1,6 litro, 261 cv, 36,7 kgfm de torque e tração nas quatro rodas. https://flatout.com.br/o-fdptamente-insano-toyota-gr-yaris-4x4-torque-de-golf-gti-motor-re

Matérias relacionadas

Wasteland Weekend: o encontro anual de fãs de Mad Max  (e seus carros) que é uma grande festa pós-apocalíptica

Dalmo Hernandes

Ken Block, Magnus Walker, Akira Nakai e os ícones do novo Need For Speed

Dalmo Hernandes

Opel Rekord C Schwarze Witwe: o misterioso “Opala de corrida” que você não conhecia

Dalmo Hernandes