A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Avaliações

Aceleramos a Oroch 1.6 e a 2.0: como se comporta a picape e quais as diferenças para o Duster?

Picapes com carroceria monobloco derivadas de automóveis não são novidade para o brasileiro, que já é bastante íntimo de Fiorino, Saveiro, Montana, Hoggar, Courier, Pampa, 147 Pick Up, Chevy 500 – e claro, daqueles Opala e Dodge Dart serrados no fundo de quintal, quando estavam desvalorizados a ponto de serem trocados por fogões e bicicletas na década de 1980. Contudo, diferentemente dos australianos e de suas musculosas Utes V8 e dos japoneses e americanos com os Honda Ridgeline e Subaru Baja, nós não estamos acostumados a ver picapes monobloco do tamanho da Duster Oroch: ela tem 4,69 m de comprimento, o que a deixa 22 cm mais longa que a Strada de três portas e 65 cm mais curta que a Chevrolet S10 cabine dupla, líderes de suas categorias. A Oroch cria um novo segmento intermediário, que será trilhado sozinho até a chegada da Fiat Toro, que deve ser lançada em fevereiro do ano que vem. Mas pra que serve uma picape monobloco deste tamanho? Da mesma forma que as Utes, elas são

Matérias relacionadas

Aceleramos o Honda Civic Touring – e descobrimos as qualidades (e defeitos) da versão turbo

Leonardo Contesini

V8, biturbo, mais de 600 cv e tração nas quatro rodas: como anda o novo BMW M5?

Dalmo Hernandes

Yamaha XTZ 150 Crosser Z: os primeiros 1.000 km da moto… e do motociclista

Dalmo Hernandes