A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Carros Antigos História

AMC: a história da fabricante que ousou encarar as gigantes de Detroit – parte 1

O mundo de hoje é bem diferente do que se via 60 anos atrás, mas certas coisas não mudam. Peguemos como exemplo as Três Grandes de Detroit – Ford, General Motors e Chrysler. Por mais que suas operações hoje sejam bem diferentes do que se via nas décadas de 1950 ou 1960 (vide a Chrysler, que hoje em dia pertence à Fiat!), uma coisa permanece igual: estas três marcas ainda são vistas como a base da indústria automotiva norte-americana – três pilares que já estão de pé há mais de um século e que, mesmo que um dia caiam, seus escombros ficarão no mesmo lugar para sempre, lembrando ao mundo todo o quão importantes eles eram. Por mais que a indústria automotiva dos Estados Unidos tenha aflorado no início do século 20, com dezenas de pequenas fabricantes nascendo e morrendo todos os dias, todas elas acabaram falidas ou engolidas pelas três grandes. E o mesmo aconteceu com a AMC, que acabou devorada pela Chrysler no fim dos anos 1980. Mas a American Motors Corporation – este era seu no

Matérias relacionadas

Afinal, porque as arrancadas são disputadas no quarto-de-milha?

Dalmo Hernandes

Das ruas de Londres para o mundo: o fascinante universo das cafe racers

Dalmo Hernandes

V8 Quattro DTM: quando a Audi colocou uma limousine para vencer corridas

Dalmo Hernandes