A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Games

As “Racing Modification” de Gran Turismo 2 na vida real | Parte 1

Recentemente tive a oportunidade de, enfim, colocar as mãos em Gran Turismo Sport, o que me imediatamente me colocou em uma onda de nostalgia da qual ainda não consegui me desvencilhar – o pessoal da Polyphony Digital está de parabéns, pois a essência do game em termos de jogabilidade, menus, trilha sonora e demais características se manteve alterada. A física de "semi-simulador" é a ideal para mim, e certos elementos do game remetem com elegância ao passado da franquia. No entanto, uma crítica recorrente a respeito de GT Sport por algum tempo foi o foco nas competições online, enquanto o modo Arcade ficou severamente limitado em quantidade de carros e circuitos para competir. Foi uma mudança deliberada e anunciada – Kazunori Yamauchi, o criador da série, declarou que sua intenção era mesmo fazer com que os jogadores deixem de acumular carros e disputem corridas entre si. Ou seja, ele não iria ficar muito satisfeito em ver a garagem que eu montei até agora... Dá para entender de

Matérias relacionadas

UNISIA JECS SKYLINE – uma pequena reflexão sobre carros, games de corrida e nostalgia

Dalmo Hernandes

GTA: a história e a evolução de Grand Theft Auto – parte 2

Dalmo Hernandes

Tributo a Ayrton Senna já está disponível para download em Gran Turismo 6!

Dalmo Hernandes