A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Automobilismo Carros Antigos

Lotus 25: o carro que inventou o monocoque na Fórmula 1

Quando se diz que a Ferrari F50 é um "carro de corrida para as ruas", a maioria das pessoas pensa que isso se deve à origem do seu V12, derivado do motor usado pela Ferrari 641, que disputou a temporada de 1990 da Fórmula 1. É quase isso. O que torna a F50 um carro de corrida para as ruas é a forma como o motor é usado no carro: ele é um componente estrutural. Toda a traseira da F50 — incluindo a suspensão — é apoiada sobre a carcaça da transmissão e afixada ao monocoque (veja mais detalhes aqui e aqui). Exatamente como em um carro de Fórmula 1, monopostos semelhantes ou esporte-protótipos. Esse layout reduz a estrutura do carro aos itens essenciais relativamente novo se consideramos que ele só se tornou um padrão no automobilismo no início dos anos 1970. Antes dele os carros de corrida usavam chassis tubulares tipo spaceframe, cobertos por painéis metálicos ou de fibra, o que não ajudava a manter o carro muito leve. [caption id="attachment_240672" align="aligncenter" width="12

Matérias relacionadas

Esta senhorinha foi a primeira pessoa a comprar um Ford Mustang – e está com ele até hoje

Dalmo Hernandes

Diogo e seu Dodge Charger R/T 1976 | FlatOut Classics

Leonardo Contesini

Esta coleção de carros brasileiros dos anos 70 e 80 ficou anos esquecida em uma chácara em São Paulo

Dalmo Hernandes