A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Lançamentos

Brabus 850 6.0 Biturbo: o um sedã monstruoso de 850 cv e 148 mkgf que o mundo precisava

No mais alto escalão de desempenho da Mercedes-Benz estão os modelos da AMG, preparadora de fábrica dos alemães. O E63 AMG é um deles, com 557 cv em seu motor V8 biturbo de 5,5 litros. Só que existe muita gente doida no mundo — os caras da Brabus, por exemplo: eles fizeram o Brabus 850 6.0 Biturbo, um E63 AMG preparado para produzir 850 cv!

A Brabus é conhecida por suas preparações extremas acompanhadas de um belo tapa no visual e no interior dos Mercedes, e o E63 AMG não foi exceção. Para se transformar no Brabus 850, o carro teve o deslocamento do motor ampliado de 5,5 litros para seis litros. Para tal, a Brabus aumentou o diâmetro dos cilindros para 99 mm, enquanto o curso dos pistões foi ampliado, com a ajuda de um novo virabrequim, de 90,5 mm para 96 mm. O resultado foi um aumento de 5.461 cm³ para 5.912 cm³.

brabus850 (2)

Além de ficar maior, o motor recebeu novos turbocompressores, maiores e desenvolvidos do zero pela Brabus, e um novo sistema de admissão de ar, com coletor feito sob medida. O sistema de escape também foi refeito, com catalisadores menos restritivos e uma válvula do tipo borboleta em cada uma das saídas de escape com ponteiras duplas de cerâmica. A posição da válvula pode ser controlada eletronicamente pelo motorista, que pode escolher entre um ronco suave e macio ou toda a fúria do V8.

O módulo eletrônico do motor também foi retrabalhado para aproveitar da melhor forma possível toda a potência extra, além de controlar as emissões do conjunto para se adequar às regras do EURO VI.

brabus850 (3)

Mas exatamente de quanta potência extra estamos falando? Bem, os 850 cv do Brabus 850 representam um aumento de quase 300 cv em relação ao E63 AMG original, enquanto o torque do motor é de monstruosos 148 mkgf. Na verdade, no carro o torque foi limitado a “apenas” 117,3 mkgf, a fim de evitar desgaste prematuro do conjunto. Brabus sendo Brabus.

Domando a cavalaria está a transmissão semiautomática de 7 marchas Speedshift MCT da AMG. Com a ajuda dela, o Brabus 850 vai de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos na versão de tração traseira, e em 3,1 segundos com tração integral. A velocidade máxima, segundo a Brabus, depende dos pneus, mas fica entre 300 e 350 km/h.

brabus850 (4)

A Brabus deu ao carro novos componentes aerodinâmicos feitos de fibra de carbono. Na frente, um novo spoiler funcional, e na traseira o carro ganhou um spoiler na tampa do porta-malas e um difusor no para-choque. As rodas são forjadas pela Brabus e podem ser de até 20”, calçadas com pneus 255/30 na dianteira e 295/25 na traseira.

O interior recebeu um novo revestimento de couro, que pode ser de qualquer cor, e traz como detalhes borboletas de alumínio atrás do volante e pedaleiras esportivas “Brabus Race”. Não é muita coisa, mas não é como se o interior do E63 precisasse de tantas modificações, mesmo.

brabus850 (5) brabus850 (1)

Você pode encomendar o carro pronto ou levar seu próprio E63 AMG para que os caras façam a transformação. Ah, e o mais importante: o Brabus 850 está disponível para a perua E63 — porque todo carro fica melhor em versão perua.

850-estate (4)

 

E agora eles podem ser comprados no Brasil… lembra?

Matérias relacionadas

Estas são as incríveis rodas de fibra de carbono do novo Ford GT

Dalmo Hernandes

Ferrari Monza SP1 e SP2: as barchettas estão de volta e com o motor V12 mais potente já feito pela Ferrari

Dalmo Hernandes

Silverado Yenko: vai uma caminhonete com motor supercharged de 811 cv aí?

Dalmo Hernandes