FlatOut!
Image default
Car Culture

Carros europeus terão Imposto de Importação reduzido, o ronco do novo Corvette Z06, Porsche Macan ganha facelift na linha 2022 e mais


Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco!

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Carros europeus Imposto de Importação reduzido em 50%

O Ministério das Relações Exteriores anunciou os detalhes sobre o recém-firmado acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia. Dentre as novas diretrizes, há um item bastante relevante para nós: a redução de 50% no Imposto de Importação de carros fabricados na Europa.

Atualmente, a alíquota que incide sobre os veículos europeus importados para o Brasil é de 35%. Quando o acordo entrar em vigor – algo que ainda não tem data para acontecer – a alíquota passará a 17,5% por sete anos. O acordo, porém, prevê uma cota de 50.000 veículos com imposto reduzido para o Mercosul, sendo que, destes, 32.000 são destinados ao Brasil e o restante, entre os demais países do bloco. Os carros que passarem dessa cota terão os 35% de Imposto de Importação cobrados normalmente.

Outro detalhe importante: após sete anos com o desconto no imposto, a alíquota começará a ser gradualmente reduzida e, depois de mais oito anos, chegará a zero. Em outras palavras: daqui a 15 anos não haverá Imposto de Importação sobre carros europeus vendidos no Mercosul, incluindo o Brasil.

Por mais que não haja uma data certa para a redução no imposto, a notícia é animadora tanto para as fabricantes europeias que atuam no Brasil quanto para os compradores. O exemplo que salta à mente logo de cara é a Porsche, que anda quebrando recordes de vendas no Brasil nos últimos anos mesmo em meio à crise; mas também é interessante para fabricantes de alto volume – pode ser otimismo demais, mas a nova diretriz pode fazer com que vender carros como o Volkswagen Golf ou o Ford Focus, por exemplo, volte a ser interessante.

 

Ouça o ronco do novo Corvette Z06

Apresentado em fevereiro de 2020, enfim o Corvette C8 ganhará uma versão mais apimentada e especializada: o Z06, que vai estrear um V8 DOHC de virabrequim plano atrás dos bancos. E não há forma melhor de anunciar a novidade que um clipe do ronco, não é mesmo?

Intitulado Crank it up, o teaser é um vídeo em primeira pessoa do Corvette Z06 em um circuito, e a trilha sonora é o ronco do motor V8 – que, dadas suas características, soa muito mais ardido e ríspido. Gostamos!

Aliás, será a segunda vez que um Corvette tem motor DOHC – o primeiro foi o Corvette ZR1 da geração C4, lançado nos anos 80 com um V8 desenvolvido pela Lotus. É uma receita diferente dos Z06 anteriores: ele também terá suspensão de pista e melhorias aerodinâmicas, mas dessa vez vai assumir com tudo a proposta de ser um “poor man’s Ferrari” – um carro capaz de andar junto com os superesportivos europeus, porém a um custo inferior. Ainda não temos números, mas os rumores mais recentes falam em algo acima dos 700 cv (talvez bem acima), e com redline nas 9.000 rpm.

Só de ter um teaser falando sobre ronco de motor em pleno 2021 já ficamos duplamente empolgados. Que venha o novo Z06!

 

Porsche Macan ganha facelift na linha 2022

Não parece, mas já faz sete anos que o Porsche Macan foi lançado. Isso quer dizer que uma nova geração – possivelmente apenas elétrica – se aproxima. Mas antes, os alemães decidiram dar mais uma renovada em seu menor crossover enquanto o novo Macan não chega.

A principal novidade é a dianteira, que agora traz grade do radiador e tomadas de ar no para-choque integradas em uma única peça. Na versão de base e no Macan S há um inserto na cor da carroceria, mas a versão GTS traz acabamento todo preto. A traseira teve mudanças mais discretas – a maior diferença está no desenho do difusor no para-choque, que agora é mais largo. Por dentro, o painel de instrumentos agora tem relógio analógico como padrão, e o console central foi redesenhado com porta-objetos maiores e nova alavanca de câmbio.

Agora sem a versão Turbo, o Porsche Macan oferece sempre câmbio PDK de dupla embreagem e sete marchas e tração integral. Na versão base, o motor 2.0 turbo ficou 20 cv mais potente, passando a 265 cv, com torque máximo de 40,8 kgfm. Quando equipado com o Sport Chrono Package, o Macan 2.0 turbo vai de zero a 100 km/h em 5,8 segundos, com máxima de 232 km/h.

O intermediário Macan S agora vem com motor V6 turbo de 2,9 litros com 380 cv e 53 kgfm de torque – o suficiente para ir de zero a 100 km/h em 4,7 segundos e chegar aos 257 km/h de velocidade máxima. E agora o Macan S vem com o sistema PASM (Porsche Active Suspension Management) de série.

No topo da gama fica o Macan GTS, que mantém o motor V6 de 2,9 litros, porém com 441 cv e 56 kgfm de torque. Com isso, ele vai de zero a 100 km/h em 4,1 segundos, com máxima de 272 km/h.

Todas as versões do Porsche Macan 2022 já estão disponíveis para encomenda no Brasil. A versão de entrada sai por R$ 415.000; o Macan S custa R$ 539.000; e o Macan GTS tem preço de R$ 635.000. A Porsche só não diz quando começarão as entregas, mas esta informação deve ser divulgada em breve aos interessados.

 

Toyota confirma planos para lançar compacto híbrido com motor flex no Brasil

A Toyota terá um novo modelo híbrido no Brasil – um carro compacto, posicionado abaixo da dupla formada por Corolla e Corolla Cross, ambos com powertrain híbrido a gasolina. Quem deu a informação foi o próprio CEO da Toyota para América Latina e Caribe, Masahiro Inoue, em entrevista à Folha de São Paulo.

“A Toyota, mundialmente, vai oferecer produtos eletrificados, seja híbrido, híbrido plug-in ou com célula de combustível”, disse Inoue. “No Brasil teremos um carro pequeno com tecnologia híbrido flex”.

Inoue não deu detalhes, mas desde o ano passado circulam informações sobre este novo modelo. Os rumores, corroborados por uma apuração da Quatro Rodas dizem que ele será produzido em Sorocaba a partir de 2024, e que será feito sobre a plataforma TNGA-B, a mesma do Yaris e do Yaris Cross vendidos na Europa. Considerando o momento do mercado, não fica difícil deduzir que o modelo será um crossover compacto, nos moldes de Chevrolet Tracker, Volkswagen T-Cross e Jeep Renegade, por exemplo.

Inoue também reforçou que, diferentemente de outras fabricantes, a Toyota prefere investir em híbridos no Brasil, e não em elétricos. “Há a preocupação com a recarga, questão que pode estar resolvida na Califórnia ou na cidade de Xangai. Em países como o Brasil, entretanto, ainda não é possível ter uma estrutura ampla de carregamento das baterias. Por isso a aposta no híbrido flex para o mercado brasileiro”. O executivo ressalta que o etanol é praticamente neutro em carbono, com as emissões concentradas na produção do combustível, e não em sua queima – e que, por isso, vale a pena investir no combustível vegetal aliado à tecnologia híbrida para reduzir o impacto ambiental dos carros brasileiros.

 

Audi A1 sairá de linha sem deixar sucessor

Eis a confirmação de algo que todo mundo já suspeitava: quando for descontinuado, o Audi A1 não deixará sucessor. Markus Duesman, o CEO da Audi, confirmou a informação ao site Autonews Europe.

Os motivos são aqueles dos quais todos já desconfiável: baixas vendas do A1 em relação ao A3 e a crescente demanda por SUVs e crossovers eletrificados na Europa. Duesmann também deu a entender que isso não quer dizer necessariamente que não haverá outro hatchback abaixo do A3 no futuro – mas sim que, caso isso venha a acontecer, será um novo elétrico.

Por ora, entende-se que com o eventual fim do A1, a posição de modelo de entrada na gama da Audi ficará com o compacto Q2, que está bem mais alinhado às tendências da indústria e futuramente poderá receber uma versão elétrica.

Este Uno 1.5R pode ser seu!

Participe!

Clique aqui e veja como

Compartilhe agora