A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Chevrolet Cruze: nascimento e morte em duas gerações

Me parece incrível que o Chevrolet Cruze, lançado com muita fanfarra e esperança mundialmente em 2008, e aqui como ano/modelo 2012, já tenha uma história cheia de reviravoltas, e que esteja prestes a acabar. Não existirá outro Cruze depois deste que está a venda, mundialmente. Já parou de ser fabricado nos EUA, onde automóvel Chevrolet está prestes a ser coisa do passado: lá só existem o Spark e o Malibu, provavelmente apenas para atender frotistas e motoristas de Uber. Já os SUV são sete modelos, cobrindo todas as faixas, do pequeno Trax (Tracker aqui) até o gigantesco Suburban. Só isso já é uma mudança gigante, que já vinha acontecendo a décadas, mas que há cinco ou seis anos, praticamente matou o automóvel normal. Parece incrível mas é verdade: a categoria de carros mais popular mundialmente, aquela com Cruze, Corolla, Civic, Golf, e tantos outros,

Matérias relacionadas

O Dodge Charger oficial de “Velozes e Furiosos” continua acelerando — com um Hemi de mais de 1.000 cv!

Dalmo Hernandes

Um lutador de MMA é o melhor dispositivo de segurança para seu posto de gasolina

Dalmo Hernandes

Volkswagen AP: afinal, como surgiu o motor mais popular do Brasil?

Dalmo Hernandes