A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

Citroën: os carros que melhor definem a mais ousada fabricante francesa – parte 1

Há exatos 100 anos, em 4 de junho de 1919, foi apresentado no Palácio do Eliseu, em Paris, o primeiro de todos os Citroën. Seu nome era A-Type, e ele era o primeiro automóvel criado por André-Gustave Citroën. Durante a Primeira Guerra Mundial, André Citroën era dono de uma das mais modernas fábricas de armamentos da Europa. Quando o conflito acabou, ele logo percebeu que precisava de um novo produto – e decidiu apostar nos automóveis. Foi uma decisão cuidadosamente calculada, pois André já tinha certa experiência com carros: entre 1908 e 1914, André Citroën trabalhou para a Mors, uma das primeiras fabricantes de automóveis da França. Já em 1916, André Citroën começou a procurar engenheiros que pudessem lhe ajudar a concretizar esta ideia. Inicialmente ele pensou em fabricar carros grandes e luxuosos mas, após uma viagem aos EUA, inspirou-se pelo modelo de Henry Ford e mudou de ideia: a Citroën iniciaria suas atividades com carros compactos, leves e de boa qualidade, produzidos

Matérias relacionadas

O Mazda MX-5 Miata cupê que a gente sempre quis existiu mesmo

Dalmo Hernandes

A evolução do Civic Type R: de leveza e agilidade à selvageria turbinada

Dalmo Hernandes

222D: o Toyota MR2 de rali que nunca competiu

Dalmo Hernandes