A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Especial Le Mans 2014

Como é testemunhar o espírito das 24 Horas de Le Mans?

No momento em que comecei a escrever este post, passava das duas da manhã no circuito de Le Mans. À minha frente, vejo a entrada da Ford Chicane e, ao fundo dela, a famosa roda gigante que fica ao lado da arquibancada da reta dos boxes. Mas esqueça a foto acima. Não há mais ninguém - e tudo o que há é o silêncio, ocasionalmente interrompido pelo tilintar de alguns talheres e copos sendo recolhidos. Daqui a vinte e quatro horas, sei que tudo estará diferente: a roda gigante terá uma fila quilométrica, o deck estará abarrotado e a escuridão da pista será cortada por faróis, luzes de freio e discos incandescentes de 56 carros e protótipos disputando um jogo de xadrez de 1.440 minutos. Um maravilhoso caos. Há pouco mais de quarenta minutos, passavam as cenas finais de Rush, o que acabou servindo de trilha sonora de fundo enquanto eu trabalhava no maremoto de fotos que tirei durante esta sexta-feira. Dado momento, decidi dar uma circulada para refrescar o cérebro. Próximo ao fim

Matérias relacionadas

O que este piloto de corridas tem em comum com o Black Sabbath?

Dalmo Hernandes

Bugatti Centodieci: tudo sobre o incrível tributo da fabricante ao EB110

Dalmo Hernandes

Thunder’s Truck: uma Ford F-150 SVT Lightning com a carroceria da F-100 de 1969 é a picape vintage perfeita

Dalmo Hernandes