A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Técnica

Como funciona o sistema Twin Spark da Alfa Romeo?

Twin Spark. Você certamente pensou nos Alfa Romeo dos anos 1990. Nem poderia ser diferente: nenhuma fabricante explorou tanto esta tecnologia para vender o desempenho de seus carros como a Alfa — Twin Spark era oficialmente o nome destes motores. As centelhas duplas (twin spark, caso você não tenha se dado conta), contudo, são uma tecnologia antiga e amplamente utilizada por vários fabricantes. O Honda Fit 1.4 vendido no Brasil, por exemplo, usava duas velas por cilindro, assim como os motores modulares V6 e V8 da Mercedes (M112 e M113) vendidos na virada dos anos 1990 para os anos 2000. Como tantas outras tecnologias automobilísticas, a ideia de se usar duas velas por cilindro surgiu durante a infância da aviação, quando os mecânicos e pilotos entenderam que seria mais seguro ter um sistema de ignição redundante lá no alto, apenas como prevenção em caso de falha. Com o uso, ficou claro que o desempenho do motor melhorou em altas rotações, e, como todos os avanços aeronáuticos, o si

Matérias relacionadas

Ferrari 488 GTB: todos os detalhes da nova berlinetta turbinada de Maranello

Leonardo Contesini

Os segredos do desempenho absurdo do Nissan GT-R – parte 1

Juliano Barata

Como irá funcionar o “motor diesel a gasolina” da Mazda?

Leonardo Contesini