A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Automobilismo Car Culture História

De Tomaso P70, o sucessor do Shelby Cobra que morreu cedo demais

Quando se fala em De Tomaso, é inevitável pensar no Pantera, seu jeitão de Lamborghini Countach e na deliciosa combinação de design italiano e mecânica americana. Acontece que o Pantera não foi o primeiro De Tomaso, e muito menos o primeiro a ter um motor americano. Antes dele, houve o Mangusta e, antes ainda, o Sport 5000. É dele que vamos falar hoje. Há duas razões para isto: dos De Tomaso esportivos com motor central-traseiro, ele é um dos menos conhecidos. Segundo, foi por causa desse carro que Alejandro De Tomaso continuou construindo esportivos, movido por um rancor especialmente direcionado a ninguém menos que Carroll Shelby. Ok, na verdade essa história nunca foi confirmada ou documentada de forma oficial e inquestionável, mas é o que dizem por aí e tem todo jeito de verdade. Como você deve saber, Carroll Shelby foi o pai do Shelby Cobra, criado usando como base um esportivo britânico bonito e bom de curva, porém meio fraco, o AC Ace. Sendo assim, De Tomaso — que já cult

Matérias relacionadas

O Jaguar E-Type de Horacio Pagani e uma pequena reflexão

Dalmo Hernandes

Este Lamborghini Miura passou 15 anos abandonado em um celeiro – e nunca precisou ser restaurado

Dalmo Hernandes

Ferrari Roma testada: a melhor Ferrari GT até agora?

Dalmo Hernandes