FlatOut!
Image default
Trânsito & Infraestrutura

E se a pandemia revolucionasse a mobilidade?

A imagem do médico da peste negra — capa longa, chapéu medieval e máscara bicuda com olhos de vidro —, tornou-se uma espécie de ícone macabro da cultura pop moderna, com seu visual sombrio e perturbador.  A estética conhecida atualmente, contudo, é uma invenção recente: nas máscaras originais o bico está mais para uma tromba, o couro não é tingido de preto, os olhos são afastados como os de um pato mal-desenhado. São simplesmente toscas como a tecnologia da época. Mas havia uma boa razão para serem bicudas: na época acreditava-se que a peste era transmitida pelos vapores que causavam o mau-cheiro, então os médicos colocavam extratos de ervas e flores na máscara. Para permitir a circulação da respiração, ela tinha esse compartimento alongado, que, no fim das contas, parecia um bico. Ou uma tromba. ...