A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Carros Antigos

O ano dos barn finds: esta rara Ferrari 250 Lusso passou as últimas décadas esquecida no Paquistão

Parece que 2014 será mesmo o ano dos barn finds, e já deu sinais disso logo nos primeiros dias do ano, quando um Mustang Boss 302 foi encontrado em uma fazenda depois de 40 anos abandonado. Desde então, vimos outras seis raridades encontradas da mesma forma, abandonadas em algum lugar por várias décadas. Até o Brasil entrou na brincadeira com um Escort XR3 de primeira geração.

Agora, o mais recente achado é nada menos do que uma Ferrari 250 Lusso 1963 com apenas 26.000 km de único dono. Infelizmente, desta vez não há muitos detalhes sobre as condições em que o carro foi encontrado. O que se sabe, é que, segundo a própria Ferrari, o carro foi enviado a uma concessionária romana em novembro de 1963, e originalmente era pintada em Azzurro com interior Nuvola.

Ferrari250LussoBF-06

A 250 Lusso foi comprada quatro meses depois, em março de 1964, por um empresário paquistanês do ramo de mineração de ônix. Ele viajava frequentemente a negócios para a região do Mediterrâneo (no Sul da Itália) e durante uma dessas viagens deu uma esticada até Roma para comprar uma Ferrari nova.

O carro foi enviado ao Paquistão e foi registrado em Karachi em maio de 1964. Desde então, ele rodou apenas 26.000 km. O que aconteceu entre 1964 e 2014 é desconhecido — a RM Auctions, que irá leiloar o carro, só revelou que ele passou os últimos 50 anos no Paquistão, e só saiu de lá no começo deste ano, quando foi enviado a um especialista em Ferrari para avaliações. Sabe-se apenas que ele foi mantido (ou esquecido) na família do empresário durante todos esses anos.

FlatOut 2014-07-24 às 13.43.23 FlatOut 2014-07-24 às 13.43.32

Considerando o estado do carro e sua baixa quilometragem, e a ausência de documentação histórica sobre o carro (por isso ele foi enviado ao especialista), é seguro dizer que ele acabou abandonado por muito tempo em alguma propriedade da família.

De acordo com a avaliação feita, o carro tem motor, câmbio e eixo traseiro originais e correspondentes ao chassi (matching numbers). O carro foi repintado de Rosso Corsa em algum momento de sua história, mas o interior foi mantido intacto, embora tenha sofrido com a ação do abandono.

Ferrari250LussoBF-07

Entre 1963 e 1964 foram produzidas apenas 351 unidades da 250 Lusso, e segundo especialistas, este é o melhor exemplar para restauração conhecido no mundo, e praticamente nenhuma delas permaneceu tanto tempo com o mesmo proprietário, nem foi tão pouco rodada. Apesar do abandono, o carro ainda funciona, embora seja prudente fazer uma revisão geral antes de pegar a estrada. O carro agora será leiloado pela RM Auctions, que espera algo entre US$ 1,4 milhão e US$ 1,8 milhão.

Ferrari250LussoBF-01

Com ele, já são sete barn finds em 2014, o que dá uma média de um achado desse tipo por mês. Será que teremos 12 até o fim do ano?

 

Matérias relacionadas

Monterey Car Week: a reunião de clássicos mais incrível do planeta

Gustavo Henrique Ruffo

Duesenberg: a história da fabricante de alguns dos carros mais luxuosos do planeta – o começo de tudo

Dalmo Hernandes

Pegue uma carona no incrível BMW 635i John Player Special de Jim Richards

Dalmo Hernandes