A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Notícias

Este é o novo GLC43 AMG Coupé, a resposta da Mercedes-AMG para o Porsche Macan e o BMW X4 M Sport

Você já notou que as três marcas premium alemãs vivem se copiando, não? Começou lá nos anos 1970, quando a BMW lançou o Série 3 e a Mercedes se apressou a fazer o 190E. Depois a Mercedes lançou o 190E Cosworth e a BMW respondeu com o M3. A BMW também já tinha feito o M5 e a Mercedes tentou dar um jeito nele com o 500E. Depois vimos o Mercedes ML e o BMW X5, o Mercedes SLK e o Z3 (e o Audi TT) e assim continua até hoje, como mostra o novo lançamento da Mercedes-AMG, o GLC 43 AMG Coupe.

16c745_26

O GLC Coupé é, basicamente o X4 da Mercedes, e a linha AMG 43 é a versão base do esportivo, posicionada abaixo da AMG 63 — da mesma forma que os Audi S são posicionados abaixo dos RS. Em vez do V8 4.0 biturbo do GLC 63, o GLC 43 AMG é equipado com um V6 biturbo de três litros, 366 cv e 52,9 mkgf conectado às quatro rodas pelo sistema 4Matic, capaz de distribuir até 90% do torque para as rodas traseiras. . O câmbio é o 9G-Tronic de nove marchas.

16c745_58

Com esse conjunto o Mercedes-AMG GLC 43 Coupé vai de zero a 100 em 4,9 segundos, o mesmo tempo que demorei para escrever o nome do carro, e segue até os 250 km/h.

 

Embora a maioria dos GLC43 AMG vá passar boa parte de sua vida nos estacionamentos de shopping de todo o mundo, a suspensão adaptativa a ar pode proporcionar um vão livre de 30 cm. E se você acha que por ser um cupê de salto alto o desempenho esportivo será comprometido, talvez seja melhor não apostar nisso. A Mercedes conseguiu manter o peso do crossover em 1.780 kg, 160 kg a menos que o Porsche Macan, que nos surpreendeu em 2014.

16c745_19

Além da mecânica exclusiva, o GLC 43 AMG também tem rodas de 21 polegadas, para-choques próprios da versão (que são diferentes do 63 AMG) e até um spoiler traseiro tipo ducktail. Por dentro, a AMG instalou um novo volante com marcador de posição como nos carros de rali, bancos esportivos e acabamento de couro preto com costuras vermelhas.

O modelo será apresentado oficialmente no próximo mês durante o Salão de Paris. E não pense que ele será a única resposta da Mercedes ao X4. A Audi já registrou o nome Q4. Você já sabe onde isso vai parar não é mesmo?

Audi-Q4-side

Matérias relacionadas

O novo Toyota Supra A90 com motor 2JZ já virou realidade – e em dose dupla!

Dalmo Hernandes

Polícia Federal apreende Lamborghini Aventador, Porsche Cayenne e mais quatro carros de Eike Batista

Dalmo Hernandes

Presidente Dilma sanciona lei que endurece punição para motoristas que disputam rachas

Leonardo Contesini