FlatOut!
Image default
Zero a 300

Gol assume vice-liderança do mercado | o Porsche 959 de Nick Heidfeld | supercarros terão mais prazo para zerar emissões e mais!


om dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Os carros mais vendidos em junho no Brasil

Ver a Fiat Strada no topo do ranking mensal de vendas no Brasil já não é mais surpresa alguma. A picape assumiu a liderança no ano passado e, pelo jeito, não vai sair tão cedo de lá — especialmente porque é um veículo procurado por frotistas, que não costumam esperar para renovar os carros de trabalho.

A grande surpresa do ranking de vendas em junho foi o Volkswagen Gol. O modelo que está prestes a ser encerrado pela fabricante encostou na picape da Fiat e ficou a 406 unidades da liderança do mercado. Quem diria? E mais, o Gol ficou mais próximo da liderança do que do terceiro colocado, o Hyundai HB20, que teve 7.938 unidades vendidas, ante as 9.435 do VW.

A Volkswagen ainda emplacou um volume considerável de vendas do T-Cross, o quarto mais vendido, que chegou a 6.309 unidades e superou o Jeep Compass por 205 unidades. Depois do Jeep, o novo sedã mais vendido no Brasil: o Fiat Cronos, que finalmente desbancou o Onix Plus. Aliás, dos modelos Chevrolet, outrora os queridinhos do mercado, somente o Tracker aparece no top 10, em uma modesta oitava posição, atrás do Hyundai Creta.

Ainda no top 10, outra surpresa foi o Kwid, que vendeu mais que o Mobi e ficou com a nona posição, à frente do Fiat Pulse, do Fiat Mobi e da Fiat Toro, respectivamente 10º, 11º e 12º modelos mais vendidos no Brasil.

1º Fiat Strada 9.840
2º Volkswagen Gol 9.435
3º Hyundai HB20 7.938
4º Volkswagen T-Cross 6.309
5º Jeep Compass 6.104
6º Fiat Cronos 6.047
7º Hyundai Creta 5.924
8º Chevrolet Tracker 5.312
9º Renault Kwid 5.043
10º Fiat Pulse 4.839
11º Fiat Mobi 4.725
12º Fiat Toro 4.481
13º Peugeot 208 4.349
14º Nissan Kicks 4.315
15º Jeep Renegade 4.123

Já fora do top 10, mas dignos de destaque estão o Peugeot 208, que parece ter se beneficiado do motor 1.0 e da boa relação custo/benefício e foi o 13º modelo mais vendido no mês de junho. Imagine o potencial do carro quando ganhar o motor 1.0 turbo. (Leo Contesini)

 

Fabricantes de supercarros terão meta própria de redução de emissões

Os fabricantes de supercarros conseguiram uma exceção no plano da União Europeia para zerar as emissões de carros novos até 2035. O Conselho Europeu concordou em criar uma plano especial que os isenta de cumprir as mesmas metas dos carros de grande volume.

Com isso, as fabricantes que não produzem mais de 10.000 unidades por ano poderão vender carros com índices maiores de emissões do que os fabricantes de grande volume. O plano ainda não foi aprovado — os fabricantes farão uma proposta própria e entregarão à Comissão Europeia para que ela seja apreciada.

A Itália, claro, foi o primeiro país a pressionar a Comissão Europeia para isentar os fabricantes de supercarros, alegando que as empresas de baixo volume de produção precisam de baterias especiais e o custo de pesquisa e desenvolvimento é maior para elas. (Leo Contesini)

 

Porsche restaura 959 de Nick Heidfeld

Todo mundo lembra do 959: um tour de force tecnológico dos anos 1980 que previu exatamente o futuro da Porsche, 20 anos antes dele acontecer em produção seriada. Olhe um 911 turbo de hoje e dos últimos 20 anos, veja como o 959 o previu de uma forma estranhamente precisa.

O 959 também é um dos Porsches mais raros. Apenas 292 carros foram feitos de 1987 a 1988, mas a versão Sport mais robusta mostrada aqui foi montada em apenas 29 exemplares. O ex-piloto de Fórmula 1 Nick Heidfeld tem um 959 S e o levou para a Porsche Classic para uma atualização completa que levou pouco mais de três anos. Afinal de contas, o 959 já é um carro de quase 40 anos de idade.

O carro de Heidfeld é um exemplo de quilometragem excepcionalmente baixa com apenas 4.183 km no odômetro. A Porsche agora está exibindo o 959 S, que passou por uma extensa revisão técnica.

“Se um carro tão inovador tecnologicamente não for conduzido regularmente, os danos são, infelizmente, inevitáveis” – de acordo com Uwe Makrutzki, chefe de restauração de fábrica no Porsche Classic. Ele continua dizendo que, em tal situação, o trem de força e o chassi devem ser completamente renovados para evitar problemas futuros. Para evitar esses problemas no futuro, os proprietários são aconselhados a dirigir seus carros pelo menos 100 quilômetros por mês.

Sendo o modelo Sport, o 959 de Heidfeld dispensa vidros e travas elétricas, e ar-condicionado automático. Ele também deleta os bancos traseiros e até o espelho do lado do passageiro, enquanto a suspensão autonivelante também está ausente. Todas essas mudanças foram feitas para reduzir o peso, permitindo um peso final de 1.350 kg.

Além disso, turbocompressores maiores permitiram um aumento de potência para 508 hp e 57,2 mkgf de torque, o suficiente para um 0-100 km/h em 3,7 segundos e uma velocidade máxima de 339 km/h. Heidfeld também possui um 911 GT2 da geração 996, bem como um Carrera GT. (MAO)

 

 

Renault mostra um interessante R5 elétrico restomod

O Renault 5 é um dos carros mais populares de todos os tempos, com mais de cinco milhões de veículos vendidos até 1984, quando foi substituído por outro carro com o mesmo nome. Como parte das festividades para comemorar o 50º aniversário do pequeno hatchback, a Renault se uniu ao designer francês Pierre Gonalons para criar um restomod diferente, com o nome de “Diamant”.

O carro, como parece ser norma na marca agora, é um elétrico. Usa uma pintura extravagante de três camadas com pigmentos dourados em uma base rosa em cima da qual há um verniz fosco. As rodas foram adaptadas da versão Alpine e ostentam um sol no centro.

Dentro, três mostradores digitais registram velocidade, carga da bateria e tempo. Além disso, há um scanner de impressão digital para destravar as portas. O Renault 5 Diamant tem uma abertura dedicada no meio do painel para um smartphone que também funciona como sistema de iinfotainment do carro.

Uma coisa que devia ser mais comum, e baratearia muito carros nessa faixa: já carregamos telas no bolso, basta um lugar para ela e uma conexão de som e energia, no carro.

O Diamant é apenas um carro-conceito, único. Tem tecido de crina de cavalo no painel, e o volante é de mármore reciclado, por exemplo, coisas que que dificilmente chegariam em produção. Mas um Renault 5 elétrico está nos planos da Renault.

A produção está programada para começar em 2024, quando o R5 moderno substituirá o Zoe, com um R4, menor e mais simples, também planejado como o EV básico da empresa. (MAO)

 

Cadillac Lyriq tem interior completamente exclusivo

Uma marca de luxo de um grande conglomerado dificilmente resiste usar peças de carros mais baratos. Ainda mais nos dias de hoje quando todo carro tem uma qualidade mínima invejável, muito superior ao que se acreditava “premium” meros 30 anos atrás.

Mas as mais inteligentes evitam que se perceba isso; procuram manter tudo que se vê ou se toca dentro e fora do carro, exclusivo dele. Assim, mesmo que o carro seja um sedã barato requentado para custar o dobro do preço, todo exterior é diferente, e o interior também. Ilusionismo, na versão da indústria.

Uma que faz muito tempo não entende isso era a Cadillac. E o estranho é que em sua fase de maior sucesso, os anos 1950 e 1960, era um carro totalmente exclusivo e diferente de Chevrolets. Mas isso mudou; nos anos 1980 já estava fazendo um Chevrolet Cavalier (o irmão americano de plataforma de nosso Monza) com logotipo Cadillac.

Então é interessante notar que o novo Lyriq não tem nada em seu interior comum com outro produto GM. Nadica de nada, nem um botão, alavanca ou volante. Luxo, afinal de contas, não olha preço. O carro é parte do esforço para elevar a Cadillac por meio de tecnologia e técnica aprimorada.

Esses esforços são imediatamente aparentes através do design moderno do Lyriq, mas é nos pequenos detalhes que as diferenças realmente se destacam. Dos interruptores do vidro elétrico às maçanetas de porta, tudo é caro, bem-feito, diferente e de acionamento com o peso correto.

O Lyriq Debut Edition custa US $ 59.990, e é nada menos que US $ 61.000 mais barato que o Tesla Model X de tamanho semelhante. Mas a qualidade, diz a marca, é superior. Realmente um passo na direção correta; a GM finalmente entendendo que cortar custos nesse tipo de carro é receita para a irrelevância. (MAO)

 


Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicos, histórias de carros e pilotos, avaliações e muito mais!

FLATOUTER

Plano de assinatura com todos os benefícios: 30% OFF na loja durante a 3ª temporada do Goodguys, acesso livre a todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site, participação no nosso grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!). Exponha ou anuncie até sete carros no GT40 e ainda ganhe descontos em oficinas e lojas parceiras*!

R$ 26,90 / mês

ou

Ganhe R$ 53,80 de
desconto no plano anual
(pague só 10 dos 12 meses)

*Benefícios sujeitos ao único e exclusivo critério do FlatOut, bem como a eventual disponibilidade do parceiro. Todo e qualquer benefício poderá ser alterado ou extinto, sem que seja necessário qualquer aviso prévio.

CLÁSSICO

Plano de assinatura básico. 15% OFF na loja durante a 3ª temporada do Goodguys, acesse todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site1, além de poder expor ou anunciar até três carros no GT402.

R$ 14,90 / mês

ou

Ganhe R$ 29,80 de
desconto no plano anual
(pague só 10 dos 12 meses)

1Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em oficinas ou lojas parceiras.
2A quantidade de carros veiculados poderá ser alterada a qualquer momento pelo FlatOut, ao seu único e exclusivo critério.

ESTA Chevy GMC 500 2.0 16V Turbo
PODE SER SUA!

Clique aqui e veja como