A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Zero a 300

A história da Hart Engines, que construiu o primeiro motor usado por Ayrton Senna na Fórmula 1

Era 25 de março de 1984, dia do Grande Prêmio do Brasil – que, pelo quarto ano consecutivo, era realizado no Autódromo de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, e não no circuito paulista de Interlagos. Para um certo Ayrton Senna da Silva, era um dia mais do que especial: seria sua estreia como piloto de Fórmula 1 em uma corrida. Ayrton havia completado 24 anos de idade quatro dias antes, em 21 de março. Acontece que aquela não foi uma grande corrida para Senna: depois de largar na 17ª posição, o brasileiro protagonizou a primeira baixa da temporada de 1984 da Fórmula 1 ao sofrer uma falha mecânica na oitava volta. O vencedor foi Alain Prost, da McLaren. Belo presente de aniversário. Ayrton Senna era a aposta da Toleman, equipe que estreou na F1 em 1981 – bem no início da famosa "Era Turbo" da Fórmula 1, quando os motores sobrealimentados dominaram o grid. Sendo uma equipe pequena e com orçamento limitado, pelos cinco anos em que competiu

Matérias relacionadas

Um carro feito de Lego que funciona de verdade é o sonho dourado de todo geek

Dalmo Hernandes

VW aumenta preços de Tiguan, T-Cross, Jetta e Polo/Virtus, Jeep Wrangler tomba em teste de colisão, o fim de Comedians in Cars e mais!

Ferrari poderá ter novos híbridos, CEO quer Alfa Romeo de volta à Fórmula 1, Mercedes Classe E Coupé flagrado em testes e mais!

Leonardo Contesini