A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Pensatas

Junte-se a eles: um entusiasta abraça o SUV

Existem algumas controvérsias a respeito disso, mas o carro que hoje é mais universalmente aceito como marco zero do fenômeno SUV é a perua derivada do Jeep americano da segunda grande guerra que conhecemos aqui no Brasil como Rural Willys. Lançada em 1946 nos EUA, era um carro simples e espartano ao extremo, basicamente uma versão do Jeep para fazendeiros que precisavam levar a família à cidade de vez em quando, e nada mais que isso. Setenta anos depois, parece que o automóvel do futuro terá formato de SUV. Quando até Bentley, Rolls-Royce, Porsche, Lamborghini e Aston Martin precisam deles para sobreviver, não resta mais dúvidas: em breve é só o que teremos. Pouco a pouco vão morrendo os outros formatos: peruas definham, sedãs em forte viés de baixa, e hatchbacks ainda sobrevivem apenas a preço baixo. O único outro tipo de automóvel que sobrevive a esta onda é a picape; mas ela mesmo basicamente um SUV com caçamba hoje, a maioria delas vendida com 4 portas. Todos sabemos que

Matérias relacionadas

Não está na hora de repensar os limites de velocidade do Rodoanel de São Paulo?

Leonardo Contesini

Aumento da mistura de álcool na gasolina visa combate à inflação, mas prejudica motores a gasolina

Leonardo Contesini

Só 6% dos recalls desde 1998 foram concluídos no Brasil. Quais as razões?

Gustavo Henrique Ruffo