A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Pensatas

Junte-se a eles: um entusiasta abraça o SUV

Existem algumas controvérsias a respeito disso, mas o carro que hoje é mais universalmente aceito como marco zero do fenômeno SUV é a perua derivada do Jeep americano da segunda grande guerra que conhecemos aqui no Brasil como Rural Willys. Lançada em 1946 nos EUA, era um carro simples e espartano ao extremo, basicamente uma versão do Jeep para fazendeiros que precisavam levar a família à cidade de vez em quando, e nada mais que isso. Setenta anos depois, parece que o automóvel do futuro terá formato de SUV. Quando até Bentley, Rolls-Royce, Porsche, Lamborghini e Aston Martin precisam deles para sobreviver, não resta mais dúvidas: em breve é só o que teremos. Pouco a pouco vão morrendo os outros formatos: peruas definham, sedãs em forte viés de baixa, e hatchbacks ainda sobrevivem apenas a preço baixo. O único outro tipo de automóvel que sobrevive a esta onda é a picape; mas ela mesmo basicamente um SUV com caçamba hoje, a maioria delas vendida com 4 portas. Todos sabemos que

Matérias relacionadas

Por favor, parem de coletivizar as “soluções de mobilidade”

Leonardo Contesini

Por que a Harley-Davidson perdeu o apelo entre os jovens? Como recuperá-lo?

Dalmo Hernandes

Só 6% dos recalls desde 1998 foram concluídos no Brasil. Quais as razões?

Gustavo Henrique Ruffo