A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Lembra como era o mercado brasileiro em 1996?

O primeiro dia de 2014 marcou o início de uma nova era no mercado automotivo brasileiro. A partir dali todos os carros fabricados e vendidos por aqui passaram a ser equipados com airbags frontais e ABS. Como se sabe, os equipamentos já estão por aqui há um bom tempo — o ABS chegou aos carros nacionais em 1991, no Volkswagen Santana, e o airbag veio no Fiat Tipo em 1996 —, mas estes dois equipamentos só seriam vistos juntos em um modelo brasileiro alguns meses depois da naturalização do Fiat, quando a GM lançou a segunda geração do Chevrolet Vectra. Para observar melhor a evolução do nosso mercado nestes 20 anos que separam o primeiro modelo nacional com airbags e ABS, e o momento em que eles se tornaram obrigatórios, vamos comparar o que era fabricado por aqui naquele distante 1996 com o que temos hoje e quanto eles custavam na época e em valores corrigidos para 2016 (que estão entre parênteses). Não incluímos na lista os modelos utilitários — a exceção foi a Chevrolet Blazer

Matérias relacionadas

Onde há fumaça, há um caminhão de bombeiros da década de 1940 com motor de Dodge Viper

Dalmo Hernandes

Dez carros de rua que usam motores desenvolvidos para corridas

Leonardo Contesini

As Ferrari F40 secretas (e exclusivas) do Sultão de Brunei

Dalmo Hernandes