A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Lembra como era o mercado brasileiro em 1996?

O primeiro dia de 2014 marcou o início de uma nova era no mercado automotivo brasileiro. A partir dali todos os carros fabricados e vendidos por aqui passaram a ser equipados com airbags frontais e ABS. Como se sabe, os equipamentos já estão por aqui há um bom tempo — o ABS chegou aos carros nacionais em 1991, no Volkswagen Santana, e o airbag veio no Fiat Tipo em 1996 —, mas estes dois equipamentos só seriam vistos juntos em um modelo brasileiro alguns meses depois da naturalização do Fiat, quando a GM lançou a segunda geração do Chevrolet Vectra. Para observar melhor a evolução do nosso mercado nestes 20 anos que separam o primeiro modelo nacional com airbags e ABS, e o momento em que eles se tornaram obrigatórios, vamos comparar o que era fabricado por aqui naquele distante 1996 com o que temos hoje e quanto eles custavam na época e em valores corrigidos para 2016 (que estão entre parênteses). Não incluímos na lista os modelos utilitários — a exceção foi a Chevrolet Blazer

Matérias relacionadas

Audi R8 LMP: o protótipo que dominou Le Mans entre 2000 e 2005 e deu início a uma nova era

Dalmo Hernandes

As cores mais marcantes dos carros brasileiros, parte 1: Volkswagen e Fiat

Dalmo Hernandes

Motores lendários: o garboso V12 da Jaguar