A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture História

Lunar Roving Vehicle: a história do “jipe” feito para rodar na Lua

Quando Neil Armstrong e Buzz Aldrin desceram do módulo lunar Eagle e colocaram os pés na Lua pela primeira vez, eles mal sabiam como caminhar sobre o solo cinza do nosso satélite. Naquele novo mundo,  depois do primeiro passo, Armstrong e Aldrin tiveram que aprender a se movimentar na Lua. Eles acabaram descobrindo que os saltos eram mais eficientes. Não era para menos: a gravidade menor significa que a velocidade da queda é mais lenta (a aceleração da gravidade é seis vezes menor que na Terra). Com isso o impulso dos astronautas permitia que eles dessem saltos longos e caíssem suavemente, cobrindo uma distância maior e menos tempo. E eles precisavam ser rápidos mesmo, porque as atividades extra-veiculares da Apollo 11 duraram apenas duas horas e 31 minutos. Sim: Armstrong e Aldrin passaram apenas duas horas e meia fora do módulo Eagle. A segunda missão a pousar na Lua, a Apollo 12, já sabia como se movimentar naquele ambiente, e passou um pouco mais de tempo explorando o satélite: Pete

Matérias relacionadas

Os carros dos Flatouters: a evolução dos projetos de nossos apoiadores!

Dalmo Hernandes

Não, Carros nunca foi só um filme para crianças

Dalmo Hernandes

Este cara faz os menores motores funcionais do mundo – e são verdadeiras obras de arte

Dalmo Hernandes