A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Pensatas

Por que o novo Corvette C8 é o esportivo mais importante dos últimos anos?

Eu não gostei do novo Corvette na primeira vez que o vi. Levei alguns dias para compreender seu significado, e o porquê de ele ser um carro incrível, mesmo com suas aparentes falhas. Antes de mais nada, esta é uma análise mais filosófica do que técnica. O Corvette C8 Stingray só começará a ser entregue no ano que vem. Ele ainda não teve seu preço exato anunciado, e ainda faltam detalhes a respeito das futuras versões (embora existam fortes indícios de que um híbrido está a caminho). Além disso, vai demorar ainda mais tempo para que consigamos colocar nossas mãos nele. Mas que mal pode fazer um pouco de filosofia neste fim de segunda-feira? À primeira vista não curti muito a solução de design da Chevrolet para a dianteira do carro, com faróis altos e afilados – uma interpretação mais agressiva e futurista da dianteira do Corvette C7. As linhas quadradas da carroceria me lembraram um pouco o Honda NSX, e isto também teve um impacto negativo. Não que o NSX seja um carro feio, l

Matérias relacionadas

Contando estrelas: precisamos falar sobre o NCAP

Marco Antônio Oliveira

Mad Max às avessas: o mundo distópico que se aproxima para os petrolheads

Gustavo Henrique Ruffo

Não seja um babaca no trânsito: aprenda com o contra-exemplo

Gustavo Henrique Ruffo