A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Trânsito & Infraestrutura

Magic Roundabouts: as rotatórias mais loucas (e confusas) do mundo

A melhor forma de organizar o fluxo de veículos em um cruzamento de duas ou mais ruas não é instalando um semáforo, como as prefeituras brasileiras insistem em fazer. Nada disso: até hoje não há nada melhor que uma boa e velha rotatória para fazer o tráfego fluir com eficiência e segurança nesses grandes cruzamentos. Um bom exemplo é a rotatória mais famosa do mundo: a Place Charles de Gaulle, em Paris, onde está o famoso Arco do Triunfo. São 240 metros de diâmetro e nada menos que 12 avenidas convergindo para uma única via. Por mais louco que pareça o trânsito ao redor do Arco, é simplesmente impossível imaginá-lo controlado pelos burocráticos semáforos. https://www.youtube.com/watch?v=duQwkhWRy-c O conceito da rotatória não é novo, e talvez por isso seja bastante simples: ela usa uma via circular de mão única para organizar em um único sentido os motoristas vindos de todas as direções. Em um cruzamento comum os trajetos dos motoristas sempre acabarão se cruz

Matérias relacionadas

Como é que estes caras conseguem asfaltar uma estrada tão rápido?

Dalmo Hernandes

Por que o banimento dos carros das cidades pode ser uma ameaça à sua liberdade?

Leonardo Contesini

Como o fechamento de vias expressas podem ajudar a reduzir os congestionamentos

Leonardo Contesini