A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Trânsito & Infraestrutura

Menos radares, mais pontos na CNH: quais são os pontos positivos e negativos das mudanças propostas pelo Governo?

Nos últimos 40 dias o presidente Jair Bolsonaro anunciou uma série de propostas para o trânsito brasileiro. Primeiro, anunciou que pretende acabar com as lombadas eletrônicas nas rodovias federais a partir deste ano. Depois, disse o mesmo sobre os radares e, mais recentemente, colocou novamente em pauta a ampliação do prazo para renovação da CNH e o aumento do limite de pontos antes da suspensão do direito de dirigir. Parece muita coisa em tão pouco tempo, não? Pois é mesmo. Quem nos acompanha sabe que o FlatOut se posiciona criticamente a respeito da fiscalização concentrada na velocidade, na mecanização da fiscalização e na falta de preparo dos motoristas, além das leis de trânsito impraticáveis. Por isso, é compreensível que alguém pense que concordamos com tais intenções do presidente da república e do Denatran. Bem... em parte sim. Mas também temos alguns pontos de discórdia, e vamos falar dos dois lados neste post.   Lombadas eletrônicas Antes de tudo, é preci

Matérias relacionadas

Aumento no limite de velocidade reduziu o número de acidentes em Utah, nos EUA

Dalmo Hernandes

Cinco fatores que tornam o asfalto brasileiro tão ruim

Leonardo Contesini

Nova lei dos faróis baixos durante o dia: tudo o que você precisa saber para não ser multado

Leonardo Contesini