A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História

Motores lendários: o pioneiro seis em linha XK da Jaguar

O que faz um motor lendário? Uma pergunta difícil de responder, essa. Uma série de fatores pode contribuir para que possamos considerá-los assim. Sucesso de vendas ajuda: motores como o VW refrigerado a ar certamente não seria tão lendário se tivessem produzido 1.000 deles; mas com mais de 30 milhões, se tornou claramente algo bem diferente. Muito tempo em produção também denota algo incomum e especial; os V8 Chevrolet e Rolls-Royce/Bentley certamente provam isso. Uso variado, de caminhões à carros esporte, também é algo incomum e marcante. Inovação tecnológica também ajuda a fama: ser o primeiro, o primeiro a funcionar bem, a popularizar uma tecnologia, é algo raro. Vitórias em competições e potência superlativa também são suficientes para lendas serem criadas. Motores como os V12 Lamborghini  se beneficiam de histórias épicas por trás de sua criação, e por seu berro inigualável. E existem motores que, sozinhos, criaram marcas famosas. O que dizer então do seis em

Matérias relacionadas

Misión Argentina: quando os Argentinos dominaram Nürburgring em uma corrida de 84 horas

Leonardo Contesini

Volkswagen SP2: a história do esportivo brasileiro admirado no mundo todo

Dalmo Hernandes

Freddie Spencer: O último piloto a ganhar dois campeonatos mundiais de MotoGP… ao mesmo tempo!

Carlos Eduardo Almeida