FlatOut!
Image default
História

Motores Lendários: o quatro-cilindros VTEC do Honda S2000


Quando o fim do milênio se aproximava, a Honda Motor Company de Hammamatsu estava talvez na sua melhor fase. Honda era o maior fabricante de motores a combustão do mundo, em uma linha que ia de pequenos geradores até automóveis. Seu Accord era o segundo carro mais vendido nos EUA, atrás apenas do Ford Taurus, e a empresa tinha tido sucesso em lançar sua marca de luxo, a Acura. E mais: com o NSX, agora provava que podia competir até com a Ferrari. Seu fundador, o grande Soichiro Honda, tinha falecido a pouco tempo, mas o seu espírito ainda ecoava forte pelos corredores da empresa. Não a toa: a história de Soichiro é quase inacreditável. De um galpão com 12 funcionários adaptando motores estacionários em bicicletas, a Honda em 10 anos se tornaria o maior fabricante mundial de motocicletas em 1959. Uma posição que nunca mais perdeu, mesmo hoje, mais de 400 milhões de motocicletas depois. [caption