A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Nissan Sway mostra a cara do futuro da marca, Audi R8 ganha versões de pista e elétrica, um toque clássico para a Ferrari F12 e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Conceito Nissan Sway mostra a cara do futuro da marca

Nissan-Micra-55

A Nissan apresentou em Genebra um hatchback compacto com visual agressivo e futurista chamado Sway. Segundo a Nissan, o conceito “promete trazer inovações ao segmento de hatches compactos” — o que significa que eles podem estar preparando um hatch compacto um pouco maior que o March, porém inferior ao Pulsar; ou simplesmente apresentando a nova diretriz de estilo da marca.

Nissan-Micra-18
Nissan-Micra-16 Nissan-Micra-19

O Sway tem o mesmo estilo moderno e arrojado do SUV conceitual Kicks, com linhas e ângulos retos, abandonando definitivamente as linhas curvas que acompanharam o March nas últimas gerações. O interior, por sua vez, foi inspirado no estudo IDx coupe (aquele Datsun retrô que foi apresentado no Salão de Tóquio em 2013). O conceito deve evoluir para uma versão de produção ao longo deste ano, que deverá estrear no fim de 2016 como modelo 2017.

 

Audi R8 ganha versão LMS/GT3 de pista e e-tron 100% elétrica

Audi-R8-LMS-1

Com a chegada da nova geração do Audi R8, a versão de corrida do modelo naturalmente também foi atualizada. O Audi R8 LMS é baseado no novo R8 e modificado de acordo com o novo regulamento da categoria GT3, que passa a valer a partir de 2016. O R8 LMS ficou 25 kg mais leve que seu antecessor, chegando a 1.225 kg graças à combinação de alumínio, fibra de carbono e gaiola de aço na formação da estrutura do carro. Além de tornar o carro mais leve, essa combinação ainda aumentou a rigidez em 39%.

Audi-R8-LMS-2

Como no antecessor, o motor é um V10 de 5,2 litro baseado na versão de rua, porém com modificações para produzir 585 cv. A potência é moderada por um câmbio sequencial de seis marchas completamente novo, com aletas no volante. No campo aerodinâmico ele agora conta com fundo totalmente plano integrado ao difusor traseiro, que permite a adoção de uma asa menor. As caixas de roda são abertas na parte posterior, e ajudam a otimizar o fluxo de ar.

O novo R8 LMS estreia nas 24 Horas de Nürburgring, em 16 de maio, e volta a correr em 25 de julho, nas 24 HOras de Spa. As primeiras entregas serão feitas no fim de 2015, a tempo das equipes-clientes se prepararem para a temporada de 2016.

2015-AUDIR8E-6

Além do R8 LMS, a Audi também mostrou em Genebra a versão elétrica do R8, batizada R8 e-tron. Ele terá 462 cv e 92 mkgf produzidos por dois motores elétricos. Com eles, o R8 e-tron é capaz de chegar aos 100 km/h em 3,9 segundos e rodar até 450 km antes de recarregar as baterias. A fabricante também desenvolveu um sistema chamado Combined Charging System, que permite que as baterias sejam completamente recarregadas em menos de duas horas.

 

2015-AUDIR8E-7

Sendo mais afetado pelo desperdício de energia, o R8 e-tron recebeu algumas modificações aerodinâmicas e rodas especiais para chegar ao coeficiente 0,28.

2015-AUDIR8E-2

A bateria em forma de T fica sob o túnel central e atrás do habitáculo, mantendo a massa concentrada entre os eixos e em posição baixa. O modelo será feito à mão e vendido apenas sob encomenda. A Audi espera iniciar os pedidos ainda neste ano.

 

Ferrari F12berlinetta ganha um toque clássico nas mãos da Touring Superleggera

carozzeria-lusso-1

Os fãs mais tradicionais da Ferrari dizem que uma Ferrari de verdade precisa de um motor V12 na dianteira. Essa foi a configuração dos carros de Maranello até meados dos anos 1970, quando a Dino foi transformada em uma legítima Ferrari e a 308 GTB deu as caras com seu V8 central-traseiro.

carozzeria-lusso-6

Mesmo assim, os carros de rua mais radicais da marca continuam sendo os modelos V12, vide a 599 GTO e a F12berlinetta, com seu V12 de 740 cv. Imagine então como seria unir essa brutalidade moderna ao visual clássico dos V12 dos anos 1960. Seria o delírio para os tradicionalistas, e uma realidade possível se você tiver meio$. Os encarroçadores italianos da Touring Superleggera criaram a nova “Berlinetta Lusso”, baseada na F12berlinetta exatamente com esse conceito de clássico sobre novo.

carozzeria-lusso-5

O modelo foi feito especialmente para um colecionador, mas a empresa irá produzir outros quatro exemplares. A inspiração para a Berlineta Lusso foi a Ferrari 166 MM Touring de 1966. A Touring Superleggera não divulgou se houve mudanças no V12 de 6,2 litros, mas a potência original já nos parece mais que suficiente para rodar pela Europa em grande estilo. O preço também não foi divulgado, mas faça um exercício de imaginação: a F12 custa US$ 320.000 na Europa, e a Touring Superleggera afirma que é preciso 5.000 horas para transformá-la na Berlinetta Lusso. Cinco exemplares parecem suficientes para a demanda.

 

Kahn Design apresenta Defender com seis rodas em Genebra

Flying-Huntsman-6x6 11

Agora que a Mercedes-AMG encerrou a produção limitada do G63 6×6, o mundo ficou por alguns instantes sem uma alternativa de super SUV com seis rodas. Mas a Kahn Design está resolvendo esse problema, e eles estão usando o correspondente britânico do G63, o Land Rover Defender.

Flying-Huntsman-6x6 22

Batizado de “Flying Huntsman 110 WB 6×6”, o conceito é montado sobre um Defender 110, mas teve seu chassi alongado e alargado para acomodar um eixo duplo na traseira. O motor britânico deu lugar a algo mais radical, um GM LS3 V8 de 6,2 litros e 430 cv, também conhecido como “motor de Corvette”, e trabalha junto com uma caixa automática de seis marchas. O sistema de tração integral usa duas caixas de transferência com bloqueio dos diferenciais. Obviamente, os freios e a suspensão também receberam reforços.

Flying-Huntsman-6x6 33

Embora ainda seja um conceito, a Kahn considera fabricar o Flying Huntsman com duas variações de carroceria — hardtop e picape — e versões blindadas em vários níveis.

 

Alonso confessou ter recebido choque nas costas antes de acidente

79P3820-750x500

O acidente de Fernando Alonso durante os testes da Fórmula 1 em Barcelona continua envolto em mistérios e detalhes não esclarecidos. Desta vez, a Sky Italia revelou que o piloto espanhol afirmou a pessoas próximas que sentiu um choque segundos antes de seu acidente. Ele estava a 215 km/h na curva 3 quando recebeu a descarga elétrica e logo em seguida bateu o carro contra o muro.

Segundo fotógrafos que chegaram ao carro no momento da batida, ele estava inconsciente dentro do carro. A McLaren descartou a hipótese de ter realmente havido uma descarga elétrica, mas o piloto francês René Arnoux comentou recentemente que o impacto sofrido por Alonso não é suficiente para deixar um piloto inconsciente. Leia mais sobre o acidente no Grande Prêmio.

 

Matérias relacionadas

O BMW M3 LTW de Paul Walker à venda, Ford GT já está em testes, BMW anuncia recall e mais!

Leonardo Contesini

Um Escort XR3 1984 encontrado quase zero km, Lewis Hamilton é tri mundial de F1, o melhor Lamborghini de todos os tempos e mais!

Leonardo Contesini

BMW M5 chegará aos 1.000 cv, o fim do Passat no Brasil, os novos Maserati e Audi S3 e mais!