A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Lançamentos

Novo Jeep Compass é lançado no Brasil por R$ 99.990

Depois de algum suspense sobre a apresentação oficial do novo Jeep Compass, a FCA finalmente revelou o modelo nesta segunda-feira (26), em Pernambuco, estado onde o modelo será produzido. Ele será posicionado logo acima do Renegade (e abaixo do Cherokee) e irá substituir não apenas sua atual geração, mas também o Jeep Patriot no exterior.

Baseado na plataforma Small Wide da FCA, também adotada pelo Renegade e pelo Fiat 500X, o novo Compass manterá a tração dianteira nas versões de entrada e integral nas versões superiores. O porte é ligeiramente maior que o do Renegade: são 4,42 m de comprimento, 1,82 m de largura, 1,65 m de altura, distância entre eixos de 2,64 m e 1.717 kg (o Renegade mede 4,23 de comprimento, 1,88 m de largura, 1,69 m de altura e 2,57 m de entre-eixos).  O volume para bagagem é de 410 litros e a suspensão usa torres McPherson na frente e atrás.

Jeep Compass Trailhawk

O Compass será equipado com motores flex e diesel, porém não terá a opção de câmbio manual. Os motores são o novo 2.0 Tigershark que produz 165 cv a 6.200 rpm e 20,4 mkgf a 4.000 rpm com etanol, ou 159 cv a 6.200 rpm e 19,8 mkgf a 4.000 rpm; e o conhecido Multijet 2.0 turbodiesel, que produz 170 cv a 3.750 rpm e 35,7 mkgf a 1.750 rpm, e já é oferecido no Renegade.

No Brasil o Compass terá quatro versões: Sport, Longitude, Limited e Trailhawk. As versões Sport e Limited usarão apenas o motor 2.0 flex, enquanto a Trailhawk será equipada somente com o turbodiesel. A única que permitirá a opção de motores é a Longitude, que deverá ser a mais procurada pelo público, segundo a Jeep. A marca também reforça que, diferentemente de seus rivais, o Compass é baseado em uma plataforma desenvolvida para SUVs, e não derivado de um sedã.

 

As combinações de motor, câmbio e tração serão as mesmas do Renegade: o modelo flex terá apenas tração dianteira e câmbio automático de seis marchas da Aisin, enquanto o modelo diesel terá tração 4×4 com câmbio automático ZF de nove marchas. Os modelos diesel serão equipados com o sistema Jeep Active Drive Low, que tem função reduzida e o seletor de modos Selec-Terrain, que configura os parâmetros do câmbio, acelerador e tração de acordo com o tipo de piso encontrado — Snow (para baixa aderência), Sand (areia), Mud (lama) e Rock (somente na versão Trailhawk, que terá maior capacidade off-road).

Jeep Compass Trailhawk

Como seu antecessor, o design do novo Compass foi inspirado no Grand Cherokee, como fica evidente pelo formato dos faróis e da grade baixa e estreita. Os faróis principais usam detalhes em LED e podem ser equipados com lâmpadas de xenônio. O conjunto óptico é completado pelos faróis auxiliares de neblina e pelas luzes diurnas de LED.

O interior também traz alguns elementos semelhantes ao do Grand Cherokee, como o volante, saídas de ventilação e sistema multimídia. O quadro de instrumentos é digital, e usa tela configurável de TFT, podendo exibir informações do computador de bordo, áudio, navegação GPS, telefonia e recursos de segurança. Os bancos dianteiros têm ajustes elétricos de oito direções para o motorista e quatro para o passageiro.

imagem-5

Na traseira o Compass se distingue dos demais modelos e assume personalidade própria, reforçada pela linha cromada que se estende pelo contorno dos vidros do carro, partindo da base do retrovisor, passando pelas janelas laterais e vigia traseiro.

Jeep Compass Longitude Diesel

Em sua versão de entrada, a Sport Flex de R$ 99.990 (R$ 100.000, na prática), o Jeep Compass já vem equipado com sistema multimídia com touchscreen de sete polegadas, navegador GPS embutido, câmera de ré e conexões Bluetooth e USB, controle de estabilidade, sistema anticapotamento, monitoramento de pressão dos pneus, cruise control, assistente de partida em rampa e direção de torque dinâmico (sistema que auxilia o motorista a esterçar o volante para o lado correto em caso de perda de aderência). O único opcional é o pacote Safety II, que inclui airbag para joelhos do motorista, dois airbags laterais dianteiros, dois airbags de cortina e banco do passageiro dobrável com porta-objeto sob o assento.

Projeto 551 JEEP

Logo acima está a versão Longitude, que pode ser equipada com o motor 2.0 flex (R$ 106.990) ou o 2.0 turbodiesel (R$ 132.990) e acrescenta à lista do Sport um sistema multimídia com tela de 8,4 polegadas, rack de teto e rodas de 18 polegadas. Os opcionais são o Pacote Safety (com airbag para joelhos do motorista, dois airbags laterais dianteiros e dois airbags de cortina) e o pacote Premium (com bancos de couro, som Beats de 506 W, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis e retrovisor interno eletrocrômico).

O modelo Limited, de R$ 124.990 é o topo de linha com o motor flex, e vem equipado de série com todos os equipamentos da Longitude, mais o pacote Safety e bancos de couro preto ou bege. Os opcionais são o teto solar elétrico panorâmico, controle adaptativo de velocidade, monitoramento de mudança de faixa, farol alto automático, aviso e prevenção de colisão frontal, e o pacote PACK TOP II, que inclui assistente de estacionamento, tomada 127 V, chave presencial c/ partida remota do motor e alarme de pânico, bancos dianteiros elétricos e som Beats de 506W, 9 alto-falantes e 1 subwoofer.

Jeep® Compass Trailhawk

O mesmo pacote de itens de série equipa o Trailhawk (R$ 149.990), topo-de-linha com motor diesel, que ainda vem com ganchos de reboque, rack de teto cinza, volante com costuras vermelhas, suspensão 2 cm mais alta (que permite transpor terrenos alagados com até 48 cm de água), pneus de uso misto, placas de proteção do motor e chassi (skidplates) e capô com adesivo preto fosco para evitar ofuscamento do motorista por reflexos. Seus opcionais são teto solar elétrico panorâmico, pacote Advanced Assist (com controle adaptativo de velocidade , monitoramento de mudança de faixa, farol alto automático, aviso e prevenção de colisão fronta; e o pacote Top II com Park Assist, tomada 127 V, chave presencial c/ partida remota do motor e alarme de pânico, bancos dianteiros elétricos e som Beats de 506W, 9 alto-falantes e 1 subwoofer.

O novo Jeep Compass já está sendo vendido, mas as entregas começam apenas a partir de 15 de outubro. Para conhecê-lo nas concessionárias, contudo, é preciso esperar até o próximo dia 5 de novembro.

Matérias relacionadas

Porsche 992: oitava geração do 911 chega ainda mais inspirada nos clássicos aircooled

Dalmo Hernandes

Ferrari California T: motor V8 biturbo de 560 cv a caminho de Genebra

Dalmo Hernandes

Porsche 911 GT3 ganha câmbio manual e novo motor 4.0 aspirado de 500 cv (e 9.000 rpm)

Leonardo Contesini