A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

O espírito inovador da SAAB

“A abordagem da SAAB em relação aos automóveis é marcadamente diferente: do estilo externo ao desenho cuidadoso do interior, não há como confundir um SAAB com nenhum outro carro. E embora isso possa ter sido prejudicial para o sucesso de vendas entre a população em geral e aqueles que buscam apenas conforto e anonimato, por outro lado fez a marca sueca cativar admiradores ferozmente leais. Para eles, e para nós, o SAAB Turbo significa conforto, segurança, e emoção ao dirigir.” – Road &Track, 1980. Quando a General Motors deixou a marca SAAB morrer no início dos anos 2010, o fez não por maldade ou negligência. Tinha passado os últimos 20 anos religiosamente colocando dinheiro na empresa, e deixando os Suecos livres para fazer quase tudo que quisessem. A GM não é exatamente uma instituição angelical devotada ao bem comum como se esforça a parecer, mas neste caso foi quase um mecenas benevolente. Não, a SAAB não precisou de ajuda para desaparecer. [caption id="attachment_25

Matérias relacionadas

O dia em que Ayrton Senna foi piloto de rally

Leonardo Contesini

O que nos move

Juliano Barata

Fabulous Fords 2015: um encontro com mais de 1.800 Mustang, Galaxie, Falcons e Fords de todas as épocas

Leonardo Contesini