FlatOut!
Image default
Zero a 300

O fim dos Honda HR-V e WR-V | o novo Porsche de Le Mans | os detalhes do novo carro de Gordon Murray e mais!


Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Honda WR-V e HR-V deixam de ser vendidos no Brasil

A Honda está mesmo fazendo uma mudança drástica em sua linha de produtos no Brasil. Depois de encerrar a produção do Civic e do Fit, ela agora encerra as vendas dos crossovers WR-V e HR-V, que continuam sendo produzidos na fábrica de Itirapina/SP, porém apenas para exportação.

Enquanto o WR-V deixa de ser oferecido de forma permanente, o HR-V voltará no segundo semestre, reformulado em sua segunda geração. Além dele, a Honda ainda planeja lançar um novo crossover de entrada, para ocupar o posto que foi do WR-V. O modelo, contudo, ainda não foi definido. Espera-se que seja um crossover derivado da plataforma do novo City, o que reduziria os custos de produção pelo compartilhamento de componentes — e permitiria uma estratégia semelhante à da GM, Fiat, Nissan e Volkswagen com as famílias Onix/Tracker, Argo/Cronos/Pulse, Versa/Kicks e Polo/Nivus/Virtus/T-Cross. A marca também não descartou a possibilidade de trazer o crossover ZR-V, revelado na forma do conceito RS.

Quanto ao novo HR-V, ele deverá manter a motorização 1.8 de 140 cv e 1.5 turbo de 173 cv, mas a segunda geração permitirá um reposicionamento mais direto para encarar o Compass e, principalmente, o Corolla Cross, o novo queridinho do público.

Por ora, a Honda segue vendendo Civic, Fit, HR-V e WR-V, mas somente enquanto durarem os estoques. À medida em que se esgotarem, a linha oferecida no Brasil será, temporariamente, City hatch e sedã, CR-V e Accord — o que deixa claro como será a oferta futura da Honda por aqui: ZR-V, City, HR-V, CR-V e Accord. Alguém esperava algo diferente? (Leo Contesini)

 

O novo Porsche de Le Mans já está em testes

A essa altura de 2022 você já deve saber que a Porsche irá voltar à categoria principal de Le Mans, depois de cinco anos fora da disputa. Com a mudança do regulamento da LMP1 para a Hypercars e depois com a unificação com os protótipos de Daytona, a Porsche apresentou seu protótipo LMDh que irá disputar os campeonatos da IMSA e da FIA.

O carro terá um V8 biturbo com assistência elétrica, conforme o regulamento da categoria Hypercar de Le Mans. Ele terá 680 cv e será um motor de “grande capacidade projetado para rodar com combustíveis renováveis”, o que nos faz pensar que a Porsche quer fazer um protótipo movido a etanol — até o momento em que lembramos que ela desenvolve combustíveis sintéticos.

O conjunto elétrico será fornecido pela Williams Advanced Engineering, enquanto o motor-gerador e as ECU serão todas da Bosch e a transmissão da Xtrac. O chassi também será fornecido por terceiros, nesse caso, a Multimatic.

Nos EUA o carro irá correr em parceria com a Penske, que foi a equipe que realizou os primeiros testes do carro. Tudo aconteceu nos EUA por uma razão simples: o novo Porsche de Le Mans irá estrear na 24 Horas de Daytona, em janeiro de 2023, e depois segue para as provas do WEC. (Leo Contesini)

 

GMA T.33 terá uma versão do V12 do T.50

A Gordon Murray Automotive anunciou que seu segundo modelo, o T.33, terá uma versão do motor V12 de 3,9 litros do T.50, capaz de atingir 11.100 rpm. O T.33, portanto, deve ser um pouco menos radical que o T.50, que chega a 12.100 rpm.

Diz Gordon Murray: “Mais uma vez, unimos forças com a Cosworth para criar um motor sob medida para o T.33. Cada detalhe foi estudado meticulosamente, e em profundidade. Estamos 100% confiantes de que o GMA.2 V12 oferece a combinação perfeita para as características de direção do T.33”.

Em um vídeo divulgado há alguns dias, Murray diz que o T.33 é um carro que ele queria fazer há décadas e é inspirado em seus carros favoritos da década de 1960. Um carro moderno que, diz ele, significa um “retorno à beleza”. Mas quais são seus favoritos dos anos 1960?

Existem várias possibilidades de inspiração nesta década. Mas uma visita à coleção de carros antigos de Murray mostra uma preferência clara por Oscas, Abarths, De Tomaso Vallelunga, e outros carros italianos com menos de uma tonelada. E pelos desenhos da casa de Zagato. Sem falar na Porsche 550 Spyder e as Lotus originais como a Elite e Elan. Meu chute: Abarth e/ou Vallelunga.

Estará Murray procurando um carro abaixo de uma tonelada com o T.33? Vamos ter que esperar a apresentação do carro, que não deve demorar. (MAO)

 

BMW M comemora 50 anos com clássicos em Daytona

A divisão M da BMW está comemorando seu 50º aniversário este ano e, para marcar a ocasião, trará uma seleção de modelos clássicos para a corrida Rolex 24 Daytona neste fim de semana.

A BMW M, como sabemos, foi concebida pelo Marine mais famoso da indústria, Mr Bob Lutz himself, em 1972. De lá para cá se tornou sinônimo de carros sensacionais e lendários, dentro e fora das pistas. Um legado que sem dúvida merece ser lembrado.

Para isso, a BMW trará uma seleção de veículos clássicos para mostrar na pista durante o fim de semana. Entre eles, um exemplar do seu primeiro carro de rua, um M1 1980. Também trará três BMWs vencedoras do IMSA no passado, incluindo o BMW 3.0 CSL de 1975, o BMW Z4 GTLM de 2015 e o BMW M8 GTE de 2019 que venceu a Rolex 24. Outros carros que fazem parte da história da marca também são esperados.

A Rolex 24 2022 começa às 13h40 de sábado, 29 de janeiro, e, é claro, acaba 24 horas depois no domingo. (MAO)

 

Bentley lançará cinco carros elétricos em cinco anos a partir de 2025

A Bentley lançará cinco modelos elétricos em cinco anos a partir de 2025, o primeiro dos quais provavelmente será um sedã de alto desempenho. A mudança anunciada pela empresa Crewe hoje acelera seu plano Beyond100 de 2020, que confirmou que se tornará uma marca somente elétrica até 2030.

O desenvolvimento e o design do primeiro modelo, que chega no final de 2025, está bem avançado, de acordo com o CEO da Bentley, Herr Adrian Hallmark. “O carro será um produto diferente aos que temos hoje e não competirá com nada que fazemos. Pretendemos criar não apenas um EV, mas também moldar um segmento.”- disse Hallmark à Autocar.

Herr Adrian Hallmark ist ein englischer Gentleman.

Os cinco carros não usarão a mesma plataforma, mas todos usarão a arquitetura compartilhada do Grupo Volkswagen. A Bentley agora faz parte do desenvolvimento dessas plataformas desde o início, e coloca seus requisitos nelas.

O primeiro carro deve ser um SUV abaixo do Bentayga; depois os modelos existentes devem ser substituídos por modelos elétricos quando chegarem ao fim de suas vidas. Espera-se um novo Bentayga em 2026, um cupê Continental em 2027, um conversível Continental em 2028 e um novo Flying Spur em 2029, o que fecharia os 5 lançamentos.

Imagina-se também que esses novos modelos elétricos compartilharão a tecnologia principal com outras marcas do grupo; a próxima geração do Porsche Cayenne terá uma variante elétrica, o que seria uma base óbvia para um Bentley. O ritmo do movimento da Lamborghini em direção à eletrificação também parece corresponder ao da Bentley, sugerindo algumas outras sinergias óbvias. Mas a Bentley também confirmou que todos os novos carros serão projetados e construídos na fábrica existente da empresa em Crewe, Inglaterra, melhorada com um investimento de US$ 3,4 bilhões. (MAO)

 


Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicos, histórias de carros e pilotos, avaliações e muito mais!

FLATOUTER

Plano de assinatura com todos os benefícios: 30% OFF na loja durante a 2ª temporada do Goodguys, acesso livre a todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site, participação no nosso grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!). Exponha ou anuncie até sete carros no GT40 e ainda ganhe descontos em oficinas e lojas parceiras*!

R$ 26,90 / mês

ou

Ganhe R$ 53,80 de
desconto no plano anual
(pague só 10 dos 12 meses)

*Benefícios sujeitos ao único e exclusivo critério do FlatOut, bem como a eventual disponibilidade do parceiro. Todo e qualquer benefício poderá ser alterado ou extinto, sem que seja necessário qualquer aviso prévio.

CLÁSSICO

Plano de assinatura básico. 15% OFF na loja durante a 2ª temporada do Goodguys, acesse todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site1, além de poder expor ou anunciar até três carros no GT402.

R$ 14,90 / mês

ou

Ganhe R$ 29,80 de
desconto no plano anual
(pague só 10 dos 12 meses)

1Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em oficinas ou lojas parceiras.
2A quantidade de carros veiculados poderá ser alterada a qualquer momento pelo FlatOut, ao seu único e exclusivo critério.

ESTE Gol GTS 1.8
PODE SER SEU!

Clique aqui e veja como