A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

O novo Porsche 992 GT3 Touring, Novitec leva McLaren GT aos 700 cv, o clone legal do Land Rover Defender e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Porsche 992 GT3 Touring já está em fase final de testes

Com as versões Carrera e Turbo no mercado, a Porsche agora está se concentrando no desenvolvimento dos modelos GT. Desde maio a Porsche vem sendo vista desenvolvendo o GT3 — na ocasião flagrado em Nürburgring, mas agora as novas imagens do modelo trazem uma notícia boa para os fãs de esportivos mais puristas: a permanência do GT3 Touring.

Caso você não esteja lembrado, o GT3 Touring foi a resposta da Porsche à demanda e à especulação sobre o 911 R, uma versão que combinava o motor 4.0 aspirado do GT3 a uma carroceria mais discreta e a uma suspensão mais complacente e utilizável nas ruas, mas que foi oferecido somente aos compradores do 918 Spyder. A exclusividade do carro fez com que ele acabasse comprado por especuladores, então a Porsche acabou com a festa lançando o pacote Touring para o GT3, que torna o super 911 mais civilizado para uso fora das pistas.

O negócio parece ter dado certo e agora a Porsche aparentemente o está transformando em uma versão regular em vez de um mero pacote. Ainda não há nada confirmado sobre o novo GT3, mas é muito provável que ele seja equipado com uma versão renovada do flat-6 4.0 aspirado de seu antecessor (que não é o mesmo do Cayman GT4, que fique claro) com cerca de 560 cv, combinado ao câmbio manual de seis marchas ou PDK de sete marchas.

A diferença para o GT3 convencional, como na geração passada, será a ausência dos apêndices aerodinâmicos — especialmente a asa traseira, que é substituída por um spoiler retrátil, tornando o modelo mais discreto e mais adequado para o uso rodoviário.

Segundo a imprensa europeia o 911 GT3 será apresentado em setembro, mas ainda não se sabe se o Touring será apresentado juntamente do GT3 ou em uma ocasião própria, o que nos parece mais provável, considerando que ele é uma das versões mais aguardadas desta geração. (Leo Contesini)

 

McLaren GT com kit Novitec chega aos 700 cv

Com uma pegada mais grand tourer, o McLaren GT não é o modelo mais potente da fabricante britânica de supercarros – seu V8 biturbo entrega “só” 620 cv – são 100 cv a menos que o 720S, por exemplo. Mas, para quem acha pouco, a alemã Novitec traz a solução: um kit que leva a potência do McLaren GT aos 707 cv. O torque também sobe – de 64,3 kgfm para 72,8 kgfm.

Para isto, a Novitec instala um novo módulo, o Novitec N-Tronic, que traz injeção e ignição remapeadas e uma nova calibragem para o controle de pressão do turbo. Trata-se de um kit “plug and play” que é adaptado diretamente à central eletrônica original do McLaren GT. Além disso, um novo sistema de escape mais livre ajuda o motor a respirar melhor.

A Novitec também oferece alguns componentes aerodinâmicos de fibra de carbono – spoiler frontal, molduras para as entradas de ar, novas saias laterais e um spoiler do tipo lip na traseira. Além disso, novas rodas da Vossen estão disponíveis, com 20 polegadas na dianteira e 21 polegadas na traseira – acompanhadas de um leve tombo na suspensão, que fica 25 mm mais baixa.

Segundo a Novitec, as modificações tornam o McLaren GT capaz de acelerar de zero a 100 km/h em três segundos cravados, com velocidade máxima de 333 km/h. Originalmente, o superesportivo vai de zero a 100 km/h em 3,1 segundos e chega aos 327 km/h. Cada décimo de segundo conta, pelo visto. (Dalmo Hernandes)

 

Land Rover perde os direitos sobre o design do Defender original

Semanas depois de a Ferrari perder os direitos sobre o design da lendária 250 GTO, outro caso polêmico envolvendo um clássico acontece – desta vez, no Reino Unido. A Jaguar Land Rover perdeu na justiça os direitos sobre o design do Defender original.

O assunto veio à tona depois que a empresa gaulesa Ineos Automotive apresentou o utilitário Grenadier, um 4×4 à moda antiga assumidamente inspirado no Defender – embora, para quaisquer olhos mais atentos, esteja muito mais próximo de uma cópia. Embora tenha elementos estéticos distintos, como a grade, os faróis e as lanternas, a silhueta do Ineos Grenadier é praticamente idêntica à do Defender.

Contudo, o Escritório de Propriedade Intelectual do Reino Unido (UK Intellectual Property Office) acredita que as formas que a Land Rover defende no processo judicial não são distintas o suficiente para serem registradas como inclusivas.

O juiz responsável pelo caso decidiu que a Land Rover não pode impedir a Ineos de produzir e vender o Grenadier porque, embora as diferenças entre os projetos sejam importantes para alguns especialistas, elas não são importantes, ou mesmo perceptíveis, para o consumidor médio.

De qualquer forma, a Ineos a ainda está em busca de uma fábrica para produzir o Grenadier – inicialmente o utilitário seria feito em uma fábrica no País de Gales mas, em um comunicado recente, a empresa diz que está tentando negociar com a Daimler a compra da antiga fábrica da Smart, que fica na França. (Dalmo Hernandes)

 

Bentley exibe as primeiras peças do Blower 1929 renascido

Entre os projetos “heritage” das fabricantes de carros, certamente a ressurreição do Bentley Blower 1929 é um dos mais ousados. A empresa decidiu produzir uma série limitada de 12 exemplares do carro de corridas que Sir Tim Birkins, um dos Bentley Boys, pilotou há 91 anos – cada um deles feito sob as exatas especificações da época, de forma totalmente artesanal. Agora, as primeiras peças do protótipo ficaram prontas – e elas são incríveis.

Antes de dar início à fabricação dos carros, a Bentley vai montar um protótipo, o “Car Zero”, que servirá como referência para os demais. Para isto, a equipe da fabricante em Crewe, no Reino Unido, desmontou o carro nº 2 da equipe “Team Blower” e escaneou cada um de seus componentes a laser. Com os dados em CAD nas mãos, além de desenhos técnicos e blueprints originais dos anos 1920, a Bentley iniciou o processo de fabricação das peças novas.

Entre estas peças estão o novo chassi, feito de aço moldado à mão sobre moldes de madeira; suspensão por feixes de molas semi-elípticas; radiador de níquel; tanque de combustível feito de aço e cobre – também moldado artesanalmente; um compressor Roots da Amherst Villiers; e um motor quatro-cilindros de 240 cv com pistões de alumínio, comando no cabeçote e quatro válvulas por cilindro. É uma verdadeira volta no tempo.

Cada um dos 12 carros que serão feitos já está reservado – e as entregas devem começar no ano que vem. Uma vez que todos eles estiverem prontos, o Blower nº 2 será montado novamente e exibido no Goodwood Festival of Speed. (Dalmo Hernandes)

 

Matérias relacionadas

Gullwing em dose dupla: conheça todos os detalhes dos Mercedes 300SL asa-de-gaivota em Araxá!

Leonardo Contesini

Do 356 ao 997: a trajetória dos Speedsters da Porsche

Leonardo Contesini

Honda Civic VTi EK B16 Turbo: mais de 300 cv nas rodas na noite de São Paulo | FlatOut Midnight

Juliano Barata