A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Top

Os hot hatches mais extremos e insanos da história

Em meio à ofensiva de elétricos e híbridos cada vez mais potentes, hot hatches insanos como se via há pouco tempo estão ficando cada vez mais raros. O último representante deste seleto grupo é o novo Mini John Cooper Works GP, que chegou a sua terceira geração com um motor  2.0 turbo de 304 cv entre 5.000 e 6.250 rpm e 45,9 kgfm de torque entre 1.750 e 4.500 rpm. É o mesmo motor do BMW X2 M35i. Com isto, o Mini JCW GP é capaz de ir de zero a 100 km/h em 5,2 segundos, com máxima de 265 km/h. A Mini faz questão de lembrar que não há qualquer tipo de limitador eletrônico para a velocidade máxima, o que é bacana, mas infelizmente decidiu não oferecer o carro com câmbio manual – apenas uma caixa automática de oito marchas com radiador próprio e calibragem exclusiva. Mas, fora o apelo da mecânica, o Mini JCW GP é um dos carros de visual mais exagerado dos últimos anos – e certamente o mais ousado da linhagem – com seus alargadores de fibra de carbono nos para-lamas e asa trasei

Matérias relacionadas

Os carros mais icônicos já fabricados pela… Lexus!

Dalmo Hernandes

Os melhores esportivos de tração dianteira já feitos no mundo – parte 2

Dalmo Hernandes

As modalidades de corrida mais bizarras do automobilismo, parte 1

Dalmo Hernandes