A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

O novo Rolls-Royce Ghost, o fim da Ferrari GTC4Lusso, novo Nissan Z em outubro e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Ferrari encerra produção da GTC4Lusso

Uma das Ferrari mais interessantes dos últimos anos infelizmente chegou ao fim: a GTC4Lusso e a GTC4Lusso T tiveram sua produção encerrada em Maranello nesta semana. A Ferrari confirmou que os dois modelos deixaram de ser produzidos e que os últimos pedidos foram entregues. Apesar de algumas fontes mencionarem a queda nas vendas da shooting brake, a Ferrari afirma que o encerramento da GTC4Lusso está de acordo com o ciclo de cinco anos planejado para seus modelos.

O fim da GTC4Lusso também indica que a Ferrari já está se preparando para a produção e o lançamento da Purosangue, seu inédito (e polêmico) crossover. Apesar da expectativa de que ele seja um rival para o Lamborghini Urus ou o Aston DBX, é possível que ele seja mais parecido com uma versão “soft-roader” da GTC4Lusso, algo que a Ferrari já considerou fazer durante o desenvolvimento da FF.

Além disso, os rumores que circulam na imprensa europeia contam que ela terá um layout de três portas com uma porta traseira menor, aberta no sentido contrário para melhorar o acesso ao banco traseiro, como nas primeiras gerações do Mini Clubman, na antiga Ranger de cabine estendida e no Mazda RX-8. Isso reforça nosso palpite de que a Ferrari Purosangue não será um SUV propriamente dito — especialmente porque seria um tiro no pé batizar de Purosangue um carro diferente de absolutamente tudo o que a Ferrari já fez. (Leo Contesini)

 

Peugeot apresenta 3008 reestilizado

A Peugeot apresentou nesta manhã de terça-feira (1º) a reestilização do seu crossover 3008. O modelo, como esperado, ganhou a mesma identidade visual do hatch 208, com as luzes diurnas em diagonal, como as presas de um felino.

Além do conjunto óptico, ele também tem um novo arranjo que integra a grade ao para-choques com um padrão que simula a impressão de gradiente. As lanternas traseiras ganharam apenas um novo arranjo e as rodas foram redesenhadas. Por dentro a novidade é o quadro de instrumentos digital, o i-Cockpit, com 10 polegadas e gráficos de alta definição. Na Europa ele terá o motor turbo a gasolina, turbo diesel e uma versão híbrida plug-in.

O modelo chegará às lojas europeias em janeiro de 2021. Como é importado de lá para cá, a menos que a Peugeot mude de ideia sobre sua oferta no Brasil, ele deve chegar assim que o estoque atual for esgotado. Atualmente o 3008 parte de R$ 208.000 e vem equipado com o motor 1.6 THP combinado ao câmbio automático de cinco marchas. (Leo Contesini)

 

Nissan “Z Proto” será mostrado no dia 15 de setembro

A novela do próximo Z-Car da Nissan está emocionante de acompanhar. Primeiro, o vice-presidente de planejamento da fabricante, Ivan Espinosa, disse que o carro seria revelado “muito em breve”. Depois, citando fontes ligadas à marca, o Auto Express disse que na verdade o carro seria deixado para depois, a fim de que a Nissan pudesse se concentrar em veículos mais rentáveis como SUVs e crossovers híbridos. Agora, porém, a Nissan revelou que vai mostrar o protótipo ao mundo no próximo dia 15 de setembro.

 

O anúncio veio acompanhado de um teaser em vídeo que destaca os modelos do passado antes de mostrar a silhueta da nova geração – que também ganha novo um nome: Z Proto. Suspeitamos fortemente que se trada, portanto, de um protótipo. Os que têm boa memória (ou são fanáticos pelos esportivos da Nissan) vão lembrar que, em 2001, o primeiro protótipo do Nissan GT-R R35 foi batizado “Nissan GT-R Proto”. Só esperamos que a versão de produção não demore tanto para ser mostrada – entre o protótipo do GT-R e o modelo final passaram-se seis anos.

Por ora, é difícil dizer se o Z Proto será um conceito ainda distante da realidade ou se estará próximo do modelo de produção. Mas não vai demorar mais que duas semanas para descobrirmos. (Dalmo Hernandes)

 

Novo Rolls-Royce Ghost estreia com nova plataforma

A Rolls-Royce apresentou hoje (1) a nova geração do Ghost, seu segundo modelo mais caro – logo abaixo do Phantom. E a fabricante promete que este novo Ghost é seu carro mais avançado.

O visual é familiar – a silhueta clássica foi mantida. Contudo, nenhum painel da carroceria nova é compartilhado com a antiga. E dá para perceber algumas diferenças sem muito esforço, como o formato mais agressivo dos faróis e o desenho da entrada de ar no para-choque, cujo desenho marcante chega a ser até meio deslocado em um Rolls-Royce. As lanternas mudam pouco, ganhando um contorno um pouco mais anguloso e elementos internos mais destacados.

A arquitetura do interior não muda radicalmente – nota-se que a identidade visual foi mantida, bem como a disposição da maior parte dos elementos, como o relógio, os alto-falantes nas portas e os comandos para o motorista (ou chauffeur). Contudo, as diferenças estão nos detalhes – como os 850 LEDs no painel, à frente do carona, que simulam um céu estrelado. Segundo a Rolls-Royce, só esta parte do carro levou dois anos e 10.000 horas de trabalho para ficar perfeita, garantindo que as pequenas lâmpadas acendam com igual intensidade e exatamente na mesma cor que as luzes do relógio e do letreiro “GHOST” no painel.

O que se nota é a redução no uso de acabamentos cromados – para um Rolls-Royce, ao menos – tanto por fora quanto por dentro. Claro, a famosa grade “Partenon” ainda é cromada, bem como um friso acima da área da placa na traseira. Mas o que a Rolls-Royce pretende com o novo Ghost é inaugurar uma nova era de “pós-opulência”, dizendo em um comunicado recente que o minimalismo elegante está mais em sintonia com o momento atual do mundo.

Mas é claro que ainda estamos falando de um Rolls-Royce, e ainda há bastante opulência. Por exemplo, o carro continua sendo enorme – com 5,55 m de comprimento e 1,98 m de largura, ele é 9 cm mais longo e 3 cm mais largo que o Ghost anterior. Ele ainda tem portas traseiras do tipo “suicida”, que abrem para trás, e ainda usa um motor V12 biturbo de 6,75 litros – o mesmo do Phantom e do Cullinan, com 571 cv e 86,7 kgfm de torque. Números de aceleração e velocidade máxima não foram divulgados, e nem o peso. Mas correm informações de que o novo Ghost traz uma diferença de peso insignificante em relação ao antigo, o que pode se traduzir em um zero a 100 km/h na casa dos cinco segundos ou menos.

De acordo com a Rolls-Royce, embora os Europeus continuem utilizando seus Ghost com motoristas particulares, nos EUA, no Japão e na Austrália os donos do modelo gostam de dirigi-lo. Por isso, a nova plataforma ganhou recursos como tração nas quatro rodas e esterçamento do eixo traseiro – apenas 5°, com o objetivo de reduzir o diâmetro de giro e aumentar a manobrabilidade do sedã em baixa velocidade; e facilitar manobras como uma mudança de faixa em alta velocidade. A suspensão utiliza amortecedores magnéticos ajustados com ênfase no conforto, mas a adoção de novas barras estabilizadoras ativas certamente colaboram para respostas mais afiadas nas curvas. Contudo, a geometria de suspensão foi propositalmente trabalhada para filtrar imperfeições no piso e transmitir apenas conforto, evitando ao máximo qualquer inclinação esportiva.

O ronco do motor, claro, é filtrado com a ajuda de 100 kg de isolamento acústico e da própria estrutura de alumínio do tipo spaceframe – segundo a Rolls-Royce, o material é péssimo em conduzir frequêncivibrações acústicas, o que no caso é ótimo para um carro de luxo. A fabricante diz que, durante os testes com protótipos, os ocupantes dos bancos traseiro ficavam até assustados com o silêncio e a suavidade do habitáculo, quase duvidando que o Ghost estava ligado e em movimento. Por isso, quando não há música rolando, o sistema de som premium reproduz um som de baixa frequência que lembra um sussurro, reduzindo a sensação de desconforto e desorientação.

A Rolls-Royce afirma que esta nova arquitetura jamais será adotada por um BMW, por mais luxuoso que este seja – uma garantia de que quem compra um Rolls-Royce jamais verá um reles BMW Série 7 usando a mesma base que sua limousine.

O novo Rolls-Royce Ghost deve começar a ser vendido no início de 2021. Os preços ainda não forma anunciados. (Dalmo Hernandes)

 

Volkswagen Virtus deve ganhar facelift inspirado no Jetta

O atual Volkswagen Polo foi lançado em setembro de 2017, enquanto o Virtus chegou em janeiro de 2018. Ou seja: não vai demorar para que chegue a hora da primeira reestilização. De acordo com os colegas do Autos Segredos, o facelift está marcado para 2022 e trará frentes distintas para hatch e sedã.

O site diz que a atualização não envolverá os painéis da carroceria – apenas faróis, grade e para-choques. As lanternas traseiras terão o mesmo contorno, porém novos elementos internos. Além disso, os carros adotarão o novo emblema da Volkswagen.

Outra informação diz que Polo e Virtus terão design distinto – o Virtus terá faróis e grade próprios, inspirados no Volkswagen Jetta. (Como se eles fossem muito diferentes hoje em dia…)

Por dentro, os dois deverão ganhar novas opções de revestimento e possivelmente instrumentação atualizada. E, claro, novas ofertas de rodas e calotas não estão descartadas. (Dalmo Hernandes)

 

 

Matérias relacionadas

Fake news sobre anuidade de CNH, Lada Niva terá nova geração depois de 40 anos, Porsche 911 GT3 usará motor 4.0 de corrida e mais!

Leonardo Contesini

Alfa Romeo Giulia mais rápido que BMW M4 em Nürburgring, Tesla Model S ganha versão Brabus, CEO da BMW desmaia em apresentação no Salão de Frankfurt e mais!

Leonardo Contesini

VW vai produzir Golf de 400 cv, Chevrolet lança um Hyundai, crossover da Lamborghini à caminho e mais!

Leonardo Contesini