A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Motos

Quando Porsche e Harley-Davidson tentaram renovar as motos americanas

Não faz tanto tempo assim que abordamos a decadência da Harley-Davidson e as possibilidades que a lendária fabricante de motocicletas tem para reconquistar o mercado. Falamos sobre como, nos últimos anos, a Harley-Davidson confiou seu sucesso a um público que já está envelhecendo e deixando de comprar motos; ao mesmo tempo em que não tem apelo entre os mais jovens, que não querem motos grandes, pesadas e caras, e sim motocicletas off-road e modelos retrô com pegadas mais esportiva. Há quem acredite, porém, que a Harley-Davidson começou a morrer há mais tempo – os mais tradicionalistas, claro. Para eles, a Harley renunciou à tradição e "se vendeu" em 2001, quando lançou a Harley-Davidson VRSC, ou simplesmente V-Rod. Com motor arrefecido a água e visual esguio, ela era diferente de qualquer outra Harley-Davidson lendária que se podia comprar, e por isto muitos admiradores e clientes de longa data da Harley-Davidson sentiram-se traídos por sua existência. E, até hoje, boa parte destas p

Matérias relacionadas

Hayabusa vs Blackbird: o duelo das supermotos japonesas de 300 km/h – e suas consequências

Dalmo Hernandes

Divindades nas máquinas: as incríveis motos customizadas Deus Ex Machina

Dalmo Hernandes

Amazonas: a história das motos com motor de Fusca feitas no Brasil

Dalmo Hernandes