A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Notícias

O petróleo despencou (de novo). Por que isso aconteceu e como isso nos afeta?

Não bastasse o pânico com o vírus com nome de chuveiro, o mundo arranjou um novo problema para esta semana: a guerra dos preços do petróleo, que fez a cotação do barril despencar assim que as bolsas asiáticas abriram nesta segunda-feira. A associação dos fatores — covid-19 e queda do barril de petróleo — deixou o mercado eufórico e muita gente preocupada, afinal, como aprendemos no noticiário de economia, a variação do dólar e do petróleo podem impactar significativamente o nosso bolso. A história toda começou com um cartel dentro de um cartel: em 2016, quando o barril do petróleo chegou a menos de US$ 30, a Rússia e a OPEP se aliaram na chamada OPEP+, orquestrando uma redução de 2,1 milhões de barris na produção diária dos países-membros da OPEP e da Rússia. A Arábia Saudita, maior produtor da OPEP, pretendia cortar ainda mais a produção diária, chegando a uma redução diária de 3,6 milhões de barris. A intenção, claro, era manter os preços elevados porque, ai

Matérias relacionadas

Fiat Toro ganha motor 2.4 Tigershark flex de 186 cv

Leonardo Contesini

Prefeitura de SP estuda fechar as vias expressas das marginais durante a madrugada

Gustavo Henrique Ruffo

Fogo com fogo? CBA responde à polêmica que ameaça os track days no Brasil

Leonardo Contesini