A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Pensatas Zero a 300

Perfume de carro antigo.

Últimos meses da década de 80. Eu não tinha nem dez anos de idade ainda, mas a memória é lisa e sem falhas como uma poltrona revestida de couro Conolly bem hidratada. Cinco e meia da tarde. Na saída do colégio, indo em direção à perua escolar, vejo um Mercedes-Benz da década de 60, azul marinho com interior de couro vermelho, quase bordô. A luz do fim da tarde entrava pelas janelas laterais e acendia o revestimento a ponto de ele parecer cereja. A cor daquela cabine me chamou a atenção, porque já tinha visto ônibus com bancos daquela cor – Cometa, o que mais –, mas nunca um carro. Chegando próximo a ele, vi a pintura desgastada no teto. Lembro que associei aquela pintura esbranquiçada à farinha que fica na mesa de padeiro. Um pouco mais perto e vejo o couro dos bancos com leves trincados. A janela do motorista está entreaberta. Me aproximo para ver o painel – e subitamente sou fisgado pelas narinas. Amigos, o feromônio antigomobilista é o perfume da cabine de um car

Matérias relacionadas

Mercedes lança GLE Coupe em resposta ao BMW X6, Neymar vira navegador de Sébastien Ogier, os detalhes do Mini mais potente já feito e mais!

Leonardo Contesini

Alfa prepara Giulia cupê com 650 cv, Fiat Argo com nova versão de entrada, Porsche 919 Evo e Porsche 956 juntos em Nürburgring e mais!

Leonardo Contesini

Um Peugeot 306 XN 1.8 bom de preço, um Escort XR3 como era antigamente, um Polo Sportline 1.6 zerado e as novidades do GT40

Dalmo Hernandes