A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História Zero a 300

Peugeot Quasar: o 205 do Grupo B que foi transformado em um supercarro

Não é difícil entender por que os fãs dos hot hatches franceses são tão fiéis aos carros que admiram. O Peugeot 205 e suas variações esportivas e de competição, por exemplo, são um argumento fortíssimo: de um carro relativamente mundano, o Peugeot 205, saiu a pequena gema chamada 205 GTI, um dos grandes rivais do Golf GTI nos anos 1980. Este foi a semente para um carro ainda mais incrível: o Peugeot 205 T16, um quase-protótipo com motor 1.8 turbo central-traseiro que foi o maior vencedor da curta e intensa história do Grupo B do WRC. Você conhece a história, provavelmente: a partir de 1982, os organizadores do Campeonato Mundial de Rali decidiram criar um regulamento bastante radical, quase sem restrições técnicas, para a competição. Apenas a parte central do monobloco do Peugeot 205 GTI foi utilizada: um subchassi na dianteira e uma estrutura tubular na traseira foram feitas sob medida para acomodar o motor atrás do banco do motorista – o quatro-cilindro de 1,8 litro da família

Matérias relacionadas

Ford deixará de vender sedãs e hatches nos EUA, Lamborghini terá supercarros híbridos (mas aspirados), BMW M850i terá V8 de 530 cv e mais!

Leonardo Contesini

BMW M4 flagrado sem disfarces, Alpine não irá desaparecer, HB20 ganha novos pacotes e mais!

356 SL Gmünd Coupe: este é o primeiro carro de corrida da história da Porsche

Dalmo Hernandes