A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Picape Fiat Toro vaza na internet, BMW e McLaren planejam novo supercarro, os preços e versões do novo HB20, a estreia do Ford GT nas pistas e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Fiat Toro vaza em grupo do Whatsapp

picape-fiat-e-flagrada-dentro-da-linha-de-montagem

Fotos íntimas mandadas pelo Whatapp vão sempre cair na boca do povo, não se iluda. A mais nova vítima do aplicativo indiscreto foi a nova picape médio-compacta da Fiat, a Toro, também conhecida por seu código de projeto, 226.

Nas imagens, a dianteira da picape confirma as primeiras projeções feitas pelo site Autos Segredos, que também foi o primeiro a antecipar o nome definitivo do modelo. A lateral da picape nós já tivemos a sorte de mostrar sem camuflagem nenhuma. Faltavam apenas os detalhes dos conjuntos ópticos dianteiro e traseiro, revelados agora pelas fotos marotas.

O fato de ter sido flagrada na linha de produção permitiria supor que a produção já começou, o que colocaria o lançamento da picape para novembro ou dezembro, mas o mais provável é que sejam unidades pré-série, feitas para testar o processo produtivo.

 

flagra-da-nova-picape-da-fiat-2

Fabricada sobre a plataforma do Jeep Renegade, a Toro dividirá com ele também a motorização. O motor topo de linha será o 2.0 Multijet, turbodiesel, que rende 170 cv a 3.750 rpm e tem torque de 35,7 mkgf a 1.750 rpm. Com ele, a picape terá tração integral, possível devido à capacidade de carga da picape, que deve passar de 1 tonelada. O motor flex deve ser o 1.8 E.torQ, de 132 cv a 5.250 rpm, mas também existe a chance de uma versão mais potente, com o 2.0 TigerShark que a Jeep anda desenvolvendo para o Brasil. O mais provável, porém, é que ele fique para um segundo momento.

Além de ser vendida no Brasil com a marca Fiat, a Toro também será exportada ou até mesmo produzida nos EUA sob a marca RAM. Por lá, ela se chamará Rampage.

 

BMW pode estar preparando supercarro em parceria com a McLaren

FlatOut 2015-09-22 às 11.30.28

Lembra da última vez que a BMW e a McLaren se uniram em nome de um supercarro? O resultado foi nada menos que o lendário McLaren F1, que usava um V12 bávaro para embalar todas aquelas inovações mecânicas e aerodinâmicas idealizadas por Gordon Murray. Pois bem… talvez seja possível ver um novo supercarro McLaren-BMW. Segundo o pessoal da revista britânica CAR, as duas marcas estão planejando secretamente um supercarro com motor V8 central traseiro que será apresentado no Salão de Frankfurt de 2017. Ele seria uma “resposta” da M Sport ao BMW i8, capitaneada pelo novo executivo da divisão M, Frank van Meel.

 Segundo a CAR, caso os rumores sejam verdadeiros, o carro será lançado em 2019 sendo a versão cupê uma prioridade e o roadster uma “forte possibilidade”. Segundo as fontes da revista ligadas às fabricantes, o carro será baseado no monocoque do sucessor do McLaren 650S. Essas fontes também falam em um motor V8 4.0 com quatro turbos — dois com operação convencional, e outros dois movidos por eletricidade para chegar aos 750 cv.

 

Os preços e versões do novo Hyundai HB20

novo-hb20-flatout-barata-1

Você viu hoje mais cedo as primeiras imagens do novo Hyundai HB20, que está sendo apresentado à imprensa nesta manhã de terça-feira, mas até agora ainda não sabíamos os preços nem as versões do novo modelo. Até agora, pois a Hyundai revelou tudo há alguns minutos, antes do test-drive do novo modelo. Ele agora parte de R$ 38.955 na versão Comfort 1.0, já equipada com ar-condicionado, direção hidráulica, computador de bordo, IsoFix, vidros e travas elétricas e rádio. A versão mais cara, HB20 Premium 1.6 Automatic, parte de R$ 59.445 e chega aos R$ 64.635 se equipada com sistema multimídia, bancos de couro e pintura perolizada, seus únicos opcionais. Confira a seguir a tabela de preços e versões do novo HB20 e não deixe de ver nossa galeria completa no post de lançamento.

Novo HB20 Comfort 1.0 (R$ 38.955): ar condicionado analógico, direção hidráulica, duplo air bag, sistema de áudio BlueAudio, IsoFix, computador de bordo, vidros dianteiros elétrico e travas elétricas.

Novo HB20 Comfort Plus 1.0 (R$ 42.595): adiciona espelhos na cor da carroceria, maçanetas externas na cor do veículo, alarme, vidros traseiros elétricos, chave tipo canivete, calotas aro 15, retrovisores externos elétricos com luzes indicadoras, acabamento preto nas colunas B.

Novo HB20 Comfort Plus 1.6 (R$ 48.745): acrescenta motor 1.6, câmbio de seis marchas e sistema de partida a frio.

Novo HB20 Comfort Plus 1.6 Automatic (R$ 52.745): câmbio automático de seis marchas (mais R$ 4 mil).

Novo HB20 Comfort Style 1.0 (R$ 46.345): retrovisores elétricos com luzes indicadoras, porta óculos, frisos e molduras em cromo acetinado no acabamento interno, faróis auxiliares (neblina) dianteiros, coluna de direção ajustável em altura e profundidade. Fechamento e abertura dos vidros pela chave, sistema um toque nos quatro vidros, rodas de liga aro 15 e lanternas traseiras do tipo clear.

Novo HB20 Comfort Style 1.6 (R$ 51.845): os mesmo equipamentos da Comfort Style 1.0, mas com motor 1.6 mais câmbio de seis marchas.

Novo HB20 Comfort Style 1.6 Automatic (R$ 55.845): câmbio automático de seis marchas (mais R$ 4 mil).

Novo HB20 Premium 1.6 Automatic (R$ 59.445) – não há opção manual: painel em dois tons, acabamento em couro no volante e na manopla do câmbio, alarme volumétrico, sensor crepuscular, sensores traseiros de estacionamento, frisos cromados nos vidros, 4 vidros elétricos com sistema um toque, maçanetas externas cromadas, rodas de liga aro 15, banco traseiro rebatível, air bags laterais, espelhos com rebatimento automático e luzes indicativas, farol com projetor e assinatura de LED, lanterna traseira tipo clear, ar condicionado digital. Dois opcionais: bancos de couro (R$ 1.590) e BlueMedia (R$ 2.500)

 

Ford GT GTE fará sua estreia em janeiro, nas 24 Horas de Daytona

ford_le_mans_10

A estreia do modelo de corrida do novo Ford GT, chamado de GT GTE, fará sua estreia em competições logo no comecinho do ano que vem. Será nos EUA, mais precisamente nas 24 Horas de Daytona. O novo esportivo da Ford competirá no campeonato IMSA e também no Mundial de Endurance, que inclui as 24 Horas de Le Mans, mas a estreia na Europa será apenas em abril, nas 6 Horas de Silverstone.

Equipado com um motor 3.0 V6 EcoBoost biturbo de mais de 600 cv, o GT GTE traria inovações importantes à categoria GTE-Pro, segundo a Ford. Entre elas estaria um novo arranjo aerodinâmico que maximiza a sustentação negativa com o mínimo de arrasto e uma estabilidade mais eficiente. Estamos curiosos para ver do que se trata. A construção com materiais leves, como fibra de carbono e alumínio, também deve ajudar o novo carro a mandar bem nas pistas.

 

Giorgetto Giugiaro anuncia que abrirá um novo estúdio de design

giugiarodecarvalho

Quando Giorgetto Giugiaro anunciou sua “aposentadoria” da Italdesign, no comecinho de julho, a gente cantou a bola: dificilmente ele se contentaria em passar os próximos 30 anos bebendo “uns bons drink” ao lado de uma piscina. Pra mostrar que não está numa piorrrr, o famoso designer, pai de belezas como o Alfa Romeo Brera e de campeões de venda como o VW Golf, Giugiaro disse, em entrevista ao site Automotive News, que ele e o filho, Fabrizio, criarão um novo estúdio de design.

Ainda sem nome definido, o novo estúdio já estaria com encomendas de fabricantes sul-coreanos e chineses. Ele tanto poderá ser construído do zero, como Giorgetto prefere, como ser estabelecido a partir de um edifício já existente, algo que Fabrizio defende. Considerando que o pai já está com 77 anos, quanto antes, melhor!

 

Lexus fecha sua única concessionária no Brasil

2014-Lexus-CT-200h

Se a Acura e a Infiniti já enfiaram a viola no saco em suas intenções de vir para o Brasil, quem se arriscou a acreditar também está sendo obrigada a entregar os pontos. A Lexus chegou a abrir uma concessionária dedicada à marca, em São Paulo, mas acabou de fechá-la.

O atendimento e as vendas dos carros da divisão de luxo da Toyota serão feito por meio de concessionárias da fabricante-mãe. Isso que mostra que, no Brasil, não se repetiu o fenômeno americano de sucesso da marca japonesa, talvez pelo custo dos automóveis no Brasil. Quem se dispõe a pagar mais de R$ 150 mil por um veículo tende a preferir que ele venha de marcas mais tradicionais. Que o vizinho reconheça mais rapidamente como sendo de luxo, em outras palavras.

Matérias relacionadas

Os chineses não gostam do cheiro de carro novo – e a Ford quer acabar com ele “cozinhando” os carros

Dalmo Hernandes

Studebaker: a história de uma fabricante que estava à frente de seu tempo – parte final

Dalmo Hernandes

O novo Rendez-Vous, nova S10 revelada pela GM, mudanças no Código de Trânsito em votação e mais!