A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Papo de Garagem Técnica

Por que o ronco dos motores Wankel e em W é tão diferente dos demais?

Continuando com o papo anterior, ficamos devendo informações sobre os motores W e os Wankel. Então vamos começar falando dos W desenvolvidos pela Volkswagen.   Os motores W O som único destes motores de deve a sua configuração, onde duas bancadas separadas por um ângulo de 72° possuem uma subdivisão de 15° para a defasagem entre os cilindros de cada bancada. Como se dois motores VR fossem combinados. Por conta disso o virabrequim dos motores W são híbridos, pois os moentes de bielas são defasados como um V6, mas possuem um número maior de mancais, como um VR6. Por exemplo, num W8 o ângulo de defasagem entre os moentes é de 18° para manter o ângulo de ignição a noventa graus. Já o W12 possui uma defasagem de 12° para que uma ignição aconteça a cada sessenta graus. Como num V8 tradicional, podemos perceber um borbulhar no W8. Isso se deve pela sequência E-D-E-D-D-

Matérias relacionadas

Especial Honda K20: tudo o que você precisa saber para preparar

Leonardo Contesini

Bancos esportivos: como escolher e como instalar?

Rodrigo Passos

GT-R LM Nismo: dissecamos todos os detalhes do protótipo de motor dianteiro da Nissan

Leonardo Contesini