A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Carros Antigos História

A história da Duesenberg: a quase-falência, o auge dos carros de luxo e a queda da fabricante americana

No post anterior, contamos como os irmãos Fred e "Augie" Duesenberg decidiram abrir sua fabricante de automóveis em 1913 logo antes do início da Primeira Guerra Mundial. Com o estouro do conflito, eles foram obrigados a fornecer motores para o Exército, mas não sem antes tentar a sorte na Indy 500 de 1914. Após a Guerra, a ligação com o automobilismo da Duesenberg continuou forte. Depois de conquistar um décimo lugar na Indy 500, o piloto Eddie Rickenbacker continuou pilotando os Duesy depois da Guerra, e se deu bem: venceu as edições de 1924, 1925 e 1927 da Indy 500. Como se não bastasse, o piloto Jimmy Murphy já havia vencido o Grande Prêmio da França, em 1921. Isto não era pouca coisa: nunca um americano havia vencido a corrida, que era disputada no Circuito de La Sarthe. Melhor ainda: ele o fez ao volante de um carro americano em plena França. Era bom não brincar com eles. Acontece que, como já comentamos, os irmãos Duesenberg não eram tão bons nos negócios quanto co

Matérias relacionadas

Varnier e seu raro Peugeot 205 GTi | FlatOut Classics

Leonardo Contesini

Mazda RX-7 Evo: a história do único Wankel do Grupo B do WRC

Dalmo Hernandes

Como as bicicletas salvaram as estradas e as tornaram melhores para os carros

Leonardo Contesini