A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Zero a 300

Por que você não deve usar água da torneira no radiador do carro

Essa peça imunda e fora de eixo aí no alto é uma bomba mecânica de água. Em condições normais ela fica presa em um buraco no bloco do motor do carro, e esse triângulo da ponta é parafusado a uma polia, que é girada por uma correia ligada ao virabrequim. Na última quinta-feira ela começou fazer um barulho escandalosamente alto. Sabe o som da destruição? É exatamente esse. Ela simplesmente quebrou. Decidiu que não queria mais bombear água, resolveu parar e quase levou a correia junto. Com a bomba nas mãos ficou claro que seu rolamento travou e, com a carga do motor, acabou quebrando. Só que esse tipo de bomba não deveria quebrar assim. Ela quebrou porque o rolamento foi fragilizado por corrosão e impurezas que foram se acumulando na bomba. E só existe um jeito de isso acontecer: usando água da torneira pura ou misturada a aditivos em proporção errada. Não, eu não uso água da torneira no sistema de arrefecimento do carro, uso um fluido chamado Inugel que já vem pronto pa

Matérias relacionadas

Chevrolet Chevette 2.0: novos freios e um novo câmbio para o Project Cars #343

Leonardo Contesini

Challenger Hellcat agora tem 808 cv, Lamborghini Terzo Millenio está sendo apresentado a clientes como híbrido V12, Mercedes Classe X pode ganhar V8 e mais!

Leonardo Contesini

Volkswagen ID R crava 6:05,3 em Nürburgring: recorde dos elétricos e o segundo mais rápido no circuito

Leonardo Contesini