FlatOut!
Image default
Guia de Compra

Puma “VW” 1976-1984: tudo o que você precisa saber antes de comprar


Ao fim de 1975, depois de sete anos aplicando apenas algumas alterações de detalhes em seus carros, a Puma finalmente lança um novo modelo de seu carro menor. Carro menor porque a esta altura já existia outro Puma: o GTB, com mecânica Chevrolet seis cilindros. O novo carro era inevitável, visto que os Karmann-Ghia, de onde o Puma de 1968 a 1975 derivava, paravam de ser fabricados (1975 é o último ano do Karmann-Ghia TC). Escolheu-se o VW Brasilia para a base do novo Puma, de novo encurtando-se o entre eixos em 250mm, para um total de 2150mm, versus 2400mm do VW. O carro ficou mais largo, ganhando um pouco de espaço interno. O desenho da carroceria também era novo, mas obviamente inspirado no carro anterior. Era mais moderno e mais ligado ao seu tempo. Ainda é um carro belíssimo, e ainda coloca o motorista bem no meio do carro, sua busanfa a milímetros do chão. É especialmente feliz na versão conversível, que ficou mais bela que o carro anterior; infelizmente não se pode dizer o mesmo