A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Técnica

Devo usar escape em X ou em H no meu V8?

A esta altura de quinta-feira você provavelmente está pensando a respeito do projeto de escape do V8, ou talvez do V12, do seu Project Car. Eu sei como é, já passei por isso dezenas de vezes. Devo usar titânio ou aço inoxidável? Escape em X ou em H? Bem... na verdade eu nunca tive esse dilema, mas eu precisava de um motivo para começar o papo sobre esses dois tipos de escape. Além disso, você talvez esteja nesse dilema com seu V6 ou V8, e só hoje percebi que nunca falamos sobre esses dois tipos de escape. Para começar, você precisa saber que estes sistemas se aplicam a motores com mais de uma bancada de cilindros e que, além das características de funcionamento do motor, eles também influenciam o ronco. E tudo se resume à forma com a qual eles organizam os gases de escape. O ponto chave aqui são os pulsos do motor. Eles precisam estar em sintonia com o escape, de forma que o sistema gera pressão para auxiliar no esvaziamento do cilindro. O fluxo não é contínuo, ele é espaçado

Matérias relacionadas

Como funcionam os novos motores turbo da Fórmula 1?

Leonardo Contesini

Como funciona e para que serve o diferencial dos carros?

Leonardo Contesini

É verdade que um intercooler preto é mais eficiente que um intercooler sem pintura?

Leonardo Contesini