A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Automobilismo História

Quando o McLaren F1 se tornou o protótipo do Mercedes-Benz CLK GTR

No fim de 1996, depois que a FIA tentou transformar o campeonato de turismo alemão (DTM) em um campeonato mundial batizado International Touring Car Championship e fracassou miseravelmente, a Mercedes teve que encontrar outro palco para seu programa de automobilismo. Coincidentemente, naquele ano a FIA havia mudado as regras do endurance mais uma vez e criou a GT1. Só havia um pequeno problema: havia pouquíssimo tempo até o início da temporada de 1997 e o regulamento exigia que fossem construídas, no mínimo, 25 unidades de rua para que um modelo pudesse disputar o Mundial. Como eles conseguiram? Eles foram atrás do melhor carro da categoria na época, o vencedor da BPR Global GT Series — a categoria que deu origem ao campeonato FIA GT — nos dois anos anteriores. Esse carro era o McLaren F1 GTR que, por acaso, era construído pela nova parceira da Mercedes na F1. Fácil, não? Só que, diferentemente do que você está pensando, o pessoal de Stuttgart não poderia simplesmente faze

Matérias relacionadas

Memórias de Saigon: os carros clássicos que sobrevivem na antiga capital do Vietnã

Dalmo Hernandes

Épico: quando os carros aposentados do Grupo B se tornaram monstros de rallycross

Dalmo Hernandes

O Tesla Model S virou um carro de corrida – e isso poderá torná-lo um carro de rua muito melhor

Dalmo Hernandes