FlatOut!
Image default
História

Quando o V8 americano virou europeu


Faz algum tempo que a indústria converge para um lugar comum. A tecnologia rapidamente se torna a mesma para todo país, todo continente ou nacionalidade. Mas sabemos muito bem que nem sempre foi assim. Antigamente, exportação, o que acontecia fora do país de origem de algum carro, era totalmente irrelevante. Era como se todos vivessem em planetas diferentes. Mesmo que um deles, o planeta Germânia, tentasse repetidas mudar isso de uma forma meio violenta. Fazia-se carro para seu vizinho e familiares, normas e legislações quase não existiam e os carros eram muito, mas muito diferentes de país para país. Os Italianos, seu povo com uma personalidade falante e extravagante, com estradas e ruas apertadas e sinuosas, criou carros nervosos, briosos, responsivos e bons de curva. Os franceses prezavam mais a tranquilidade de viagens rápidas mas tranquilas com um Gauloises no canto da boca, ouvindo música de acordeão, e seus carros por isso eram seguros, mas macios e confortáveis. Os alemães er