A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Carros Antigos FlatOut Revival

Rápido, brutal e impossível de vender: a origem do Camaro ZL1

É seguro dizer que o Camaro ZL1 é o muscle car mais lendário da Chevrolet. E há uma boa razão para isso: a fábrica fez apenas 69 exemplares e eles foram os carros mais velozes que a marca fez durante muito tempo graças ao motor que deu nome à versão. O ZL1 era um motor V8 de 427 polegadas cúbicas (7 litros) criado para equipar o Corvette nas corridas da Can-Am. Ele era baseado no big block L88, mas tinha bloco e cabeçotes feitos de alumínio, por isso produzia mais potência que o motor original — oficialmente era 441 cv, mas dizem que os motores produziam mais de 500 cv — e pesava quase o mesmo que um 327 (5,4 litros) small block. Até mesmo a capa seca e a carcaça do câmbio de quatro marchas eram feitas de alumínio. Sendo um motor projetado para as pistas, e possivelmente bem caro, a Chevrolet jamais pensou em colocá-lo em um carro de rua. Quem pensou isso foi um cara chamado Fred Gibb, proprietário de uma concessionária Chevrolet que levava seu nome. Nessa época a Chevrole

Matérias relacionadas

Os quatro Takumi: os mecânicos responsáveis pelo motor do Nissan GT-R

Leonardo Contesini

Tele-Jogo: como a Ford lançou o primeiro video-game brasileiro

Leonardo Contesini

General Mayhem: este Charger 1968 é um rat rod com o V8 de 717 cv dos Dodge Hellcat debaixo do capô

Dalmo Hernandes