A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Realidade alternativa: e se o Ford Granada tivesse sido vendido no Brasil?

Lançado em 1968, o Ford Corcel foi o primeiro modelo da marca desenvolvido para o Brasil. Por uma complexa relação entre a marca do oval azul e a francesa Willys, ligada à Renault, o Corcel era a versão brasileira do Renault 12, com a mesma plataforma de motor longitudinal e tração dianteira do francês, porém com visual e nome inspirados nos carros americanos (leia-se, no Ford Mustang). Por muito tempo o Corcel foi a base de toda a gama compacta da Ford – em 1970, deu origem à Belina; em 1977, veio a segunda geração, o Corcel II. Enquanto isso, os modelos maiores tinham raízes americanas: o Maverick, modelo médio de pegada esportiva (ainda que tivesse um letárgico sedã com motor seis-em-linha Willys entre as versões) e, no topo da linha, o luxuoso, confortável e gigantesco Galaxie/Landau. Foi assim até o começo dos anos 1980, quando veio o Escort que, imediatamente, deixou o Corcel II obsoleto. E os modelos maiores e mais antigos, de tração traseira, ficaram para trás: o Maveric

Matérias relacionadas

Os melhores comentários dos FlatOuters nesta semana!

Leonardo Contesini

Um sonho realizado: Barata e seu Alfa Romeo GTV… ou seria GTAm!

Juliano Barata

O criativo (e bizarro) motor “V8 de seis cilindros” da Jaguar Land Rover

Leonardo Contesini