FlatOut!
Image default
Car Culture

Renault Sport Spider: a barchetta francesa que o mundo esqueceu


Nesta sexta-feira (4), depois que publiquei o post sobre os carros que me fizeram gostar de carros, comecei a lembrar de vários outros esportivos que fizeram a minha cabeça quando moleque. Um deles, é um esportivo exótico, provavelmente um dos mais interessantes dos anos 1990, mas também um dos mais esquecidos ou menos lembrados: o Renault Sport Spider, uma barchetta leve e minimalista que poderia muito bem ter sido feita pela Lotus, mas com aquela ousadia típica dos franceses. A história é a seguinte: no início dos anos 1990 os motores Renault eram a grande força da Fórmula 1. O domínio começou em 1991, quando os Williams-Renault de Mansell e Patrese faturaram sete das 16 provas daquela temporada e ficaram em segundo no campeonato, atrás da McLaren e de Senna. No ano seguinte,  os franceses faturaram o título de pilotos e construtores com a Williams, repetiram a dose em 1993, faturaram o título de construtores em 1994, depois passaram a fornecer motores para a Benetton e conquistaram nova