A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Design Automotivo Projetos Gringos Zero a 300

Retrô ao contrário: como os carros de hoje em dia seriam no passado?

Carros retrô foram uma febre na indústria automotiva há alguns anos – do fim da década de 90 ao fim da década de 2000, diversas fabricantes lançaram seus representantes no nicho, do VW New Beetle ao Chevrolet Camaro de quinta geração. Eles tinham recursos contemporâneos e linhas que remetiam ao passado, e algumas fabricantes se saíram melhores que outras em suas tentativas. Hoje em dia esta tendência está desaparecendo. O Ford Mustang, por exemplo, que foi um dos mais bem sucedidos carros retrô em sua quinta geração, produzida entre 2005 e 2014, abandonou quase todas as referências estéticas ao clássico dos anos 60. O atual Fusca, ainda mais retrô que o New Beetle, vai sair de linha e não vai deixar substituto – ao menos não como um hatchback retrô. Os jipes como o Jeep Wrangler, o Mercedes-Benz Classe G e o Suzuki Jimny são a exceção – eles precisam se manter fiéis aos clássicos e

Matérias relacionadas

Este Shelby GT500 1967 conversível é o Ford Mustang mais raro do mundo – e ele nem deveria existir

Dalmo Hernandes

Redline: como foi feito o primeiro “Velozes e Furiosos” antes de ser “Velozes e Furiosos”?

Dalmo Hernandes

Ford confirma mais de 700 cv para o Shelby GT500, Hyundai N não quer saber de recordes em Nür, Honda City atualizado no Brasil e mais!

Leonardo Contesini