A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Revolução americana: os mais avançados carros da terra do Tio Sam.

"Esperem um pouco - abaixem as mãos, por favor. Pessoal, eu sei que você tem mil ideias para recursos interessantes que o iTunes poderia ter. Eu também. Mas não queremos milhões de coisas diferentes nele. Isso não vai ficar bom. Inovação não é dizer sim a tudo. Trata-se de dizer NÃO a tudo, exceto ao que for realmente importante para o que queremos fazer.” – Steve Jobs. Inovação é algo difícil de entender imediatamente. Na maioria das vezes, só é entendido como inovação retroativamente. Paradoxalmente, quando cai no usual, quando todo mundo copia e se torna comum, é aceito como inovação. Quando fracassa, é apenas alguma loucura tratada como piada. E adoramos fazer piada, não é mesmo? Na verdade, parece que sempre que algo é identificado como a próxima grande coisa, acaba não sendo. Exemplos abundam, do motor rotativo Wankel até o Google Glass. Por outro lado, o que realmente muda o mundo, como o Ford Modelo T e o Iphone, costumam ser bem mais simples e despretensioso

Matérias relacionadas

Opel Fiera: a história do “Chevrolet Opala do México”

Dalmo Hernandes

Como era o mundo quando o Chevrolet Classic foi lançado (e ainda se chamava Corsa Sedan)?

Leonardo Contesini

Dos aviões de caça para os automóveis: a evolução do head-up display (HUD)

Dalmo Hernandes